Poder

Dono do ICN diz que lista de funcionários fantasmas saiu do Palácio dos Leões

Conversa interceptada pela Polícia Federal revela que lista de funcionários fantasmas, mais conhecida como “folha complementar”, também saía do Palácio dos Leões.

O diálogo comprometedor, obtido com exclusividade pelo Blog do Neto Ferreira, aconteceu entre um dos diretores do Instituto de Cidadania e Natureza (ICN), Benedito Silva, e uma interlocutora, cujo nome não foi divulgado pela PF.

“Olha, chegou chegou na minha mão agora a relação de quem é para botar para dentro, para permanecer e quem não está na relação é para sair”, afirmou Benedito. Em resposta, a interlocutora questiona: “Certo, quem lhe passou essa relação?” E o diretor do ICN responde: “Veio lá do Palácio para mim”.

A conversa segue sobre a folha complementar e em um determinado momento Benedito pergunta quantos funcionários tem ao todo e a interlocutora afirma que tem “cento e sessenta e alguma coisa”.

Em outro momento da conversa, a pessoa, cuja identidade não foi revelada, questiona se a lista com novos funcionários também já tinha chegado. A resposta do diretor do ICN foi prejudicada.

Esquema

A Polícia Federal descobriu que em 2015 foi montado um esquema criminoso na Secretaria de Saúde do Maranhão para desviar recursos público. Ao todo, R$ 18 milhões foram roubados dos cofres.

A organização criminosa agia por meio de Organizações Sociais, funcionários e empresas fantasmas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários