Poder

Áudio revela que licitação da Saúde foi direcionada para o ICN

Áudio obtido com exclusividade pelo Blog do Neto Ferreira aponta que licitação da Secretaria de Saúde foi direcionada para o Instituto de Cidadania e Natureza (ICN).

A conversa se dá entre Chisleane Gomes Marques, conhecida como XIS, secretária e operadora dos ilícitos na Superintendência de Acompanhamento à Rede de Serviços da SES, e Karina Mônica Brga Aguiar, ex-gerente administrativa da Bem Viver, responsável por viabilizar os pagamentos de apadrinhados na Secretaria de Saúde, na época em que a folha complementar estava a cargo do Instituto.

No diálogo interceptado pela Polícia Federal com autorização da Justiça, Karina afirma que tinham pessoas empenhadas para tirar o ICN do processo licitatório.

Em outro trecho da conversa, a XIS comenta sobre a unidade hospitalar do Maiobão, que tinha ficado fora da licitação e que os funcionários de lá seriam pagos com recursos de outro hospital.

Segundo o inquérito da Polícia Federal há indícios de pagamento cruzado de notas fiscais.

Ouça ao áudio:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Áudio revela que licitação da Saúde foi direcionada para o ICN”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Antônio Araújo

    Não consegui abrir o áudio e a matéria não ficou clara, não entendi:
    Manchete: “Direcionada para o ICN” (dar a entender que foi pra favorecer o ICN)
    Matéria: “para tirar o ICN do Processo (dar a entender que foi pra prejudicar o ICN)

    Afinal, o Processo tinha a intenção de ajudar ou prejudicar o ICN?

  2. Paulo Castro

    Isso é um absurdo, até às mulheres são mais canalhonas q os homens,em se falando de roubalheiras na saúde.Ricardo Murad deve estar rindo dessas vagabundas q deveriam já estar em cana. Essa PF parece que está inerte para essas pilantragem na saúde! Também com tantos bandidos em seus quadros,inclusive delegados e agentes q tiveram envolvimentos com agiotas e corruptores da saúde.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários