Poder

Roseana entra com pedido de habeas corpus para arquivar denúncia no caso Sefaz

A ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), entrou com um pedido de habeas corpus para o arquivamento da denúncia oferecida pelo Ministério Público Estadual no caso Sefaz.

A defesa da ex-gestora alega que a Ação Penal não tem justa causa para seu regular prosseguimento.

“Isso porque, apesar de apontar diversas supostas irregularidades, a denúncia, além de vaga, não comprovou nenhuma delas e sequer as relacionou diretamente com a Paciente, que fora incursa nos crimes, basicamente, por ocupar o cargo de governadora à época”, afirma o pedido de HC.

Leia o pedido na íntegra aqui

Os advogados de Roseana Sarney ressaltam que a denúncia do MP é inepta e que se mostrou desprovida de elementos probatórios mínimos que pudessem apontar a materialidade dos fatos imputados a ex-governadora.

Entenda o caso

O titular da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Tributária e Econômica de São Luís, Paulo Roberto Barbosa Ramos, ofereceu uma denúncia contra os ex-secretários da Fazenda, Cláudio Trinchão e Akio Valente, a ex-governadora Roseana Sarney, e mais 6 pessoas por suspeitas de integrarem um esquema criminoso que atuava no âmbito da Sefaz.

A organização criminosa concedia benefícios tributários ilegais para grupos empresariais com objetivo de obter lucros, o que gerou um rombo de quase R$ 1 bilhão nos cofres públicos.

Roseana Sarney chegou a ter os bens bloqueados pela Justiça (reveja)

Saiba mais_________________________

Promotor diz que fez acordo com Judiciário para prender investigados

Roseana Sarney e procuradores são apontados como membros de organização criminosa


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários