Poder

Flávio Dino desafia PF e diz que há politização na investigação

Em forma de estrategia para tentar amenizar o desgaste governamental após Operação Pegadores, o governador Flavio Dino (PCdoB) partiu para o ataque contra a Superintendência da Polícia Federal.

A principio, Dino desafiou os federais a mostrarem a lista dos 400 funcionários fantasmas que, segundo a PF, existem no governo e provocaram um rombo milionário (desvio de dinhero público) nos cofres do estado.

“Um delegado da Polícia Federal afirmou ao pais que havia essa lista de 400 fantasmas em 2015 e nós queremos apurar administrativamente. Onde está a lista?”

Em tom mais agressivo, o governador acusou a instituição Polícia Federal de conduzir as investigações como peças políticas. “Investigações não podem ser conduzidas como peças políticas ou puramente midiáticas. inventaram uma sorveteria jocosa”.

Dino foi mais além e insinuou que tudo poderia ter sido inventado. “Será que a lista dos 400 fantasmas também foi inventada?”


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários