Poder

Dono do IDAC diz à PF que Carlos Lula sabia do esquema no governo Flávio Dino

Em depoimento à Polícia Federal (veja abaixo), o dono do Instituto de Desenvolvimento e Apoio a Cidadania-IDAC, Antônio Aragão, confessou que o secretário de Saúde do Estado, Carlos Lula, sabia do esquema de pagamentos à funcionários fantasmas.

Em outro trecho do depoimento obtido com exclusividade pelo Blog do Neto Ferreira, Aragão afirma que chegou a reclamar por diversas vezes para Carlos Lula sobre tais pagamentos indevidos.

Ao ser questionado sobre os repasses ilícitos, Aragão detalhou como funcionava e disse que fazia pagamentos a pessoas que não trabalhavam nas unidades hospitalares e que os pedidos chegavam da SES por meio de ofícios e e-mails.

O dono do IDAC revela que os e-mails partiam do setor de Redes de Serviços da Secretaria de Saúde e que eram assinados pelos seus titulares. Isso ocorreu durante os anos de 2015, 2016 e 2017.

Esquema

No dia 16 de novembro, a Polícia Federal desarticulou um esquema criminoso que vinha atuando na Secretaria de Saúde do Maranhão desde 2015. Foram descoberto mais de 400 servidores que não tinham vínculo empregatício com os Institutos recebendo super salários.

O esquema chegou a usar uma “sorveteria” para emitir notas frias com o intuito de desviar recursos públicos.

Procurado pela reportagem, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que Rosângela Curado era prestadora de serviços no Cemesp, em Imperatriz, e não exercia atividades de direção e gestão da unidade. A SES esclarece que, a partir da prestação destes serviços, a unidade passou a ofertar maior número de procedimentos aos usuários, em comparação ao contrato de serviços com o grupo médico anterior.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Dono do IDAC diz à PF que Carlos Lula sabia do esquema no governo Flávio Dino”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Nilson Holanda

    Ninguém entende, diante do que se notícia hoje sobre as investigações da Operação Pegadores, o porquê ainda não pediram a prisão do secretário Carlos Lula? E porque Flávio Dino e Márcio Jerry ainda não viraram réu. Ou sequer foram indiciados por completa omissão em evitar essa roubalheira? Visto que ambos quando demitiram Rosângela Curado em 2015 sabiam de todos os ilícitos praticados pela quadrilha que perdurou até 2017!!!!

  2. Ary Quintella

    Neto Ferreira,

    Essa postagem, baseada em interceptações telefônicas da PF, diz o contrário do que o secretário da SES, Carlos Lula, falou hoje na Rádio São Luís AM. Insistindo em jurar de pés juntos que é inocente e não sabia de nada desse esquema! E que a Operação da PF tem falhas e espera a retratação pública da mesma?

    Como disse a ele um atento ouvinte: “a PF não dá bote errado”!! Que saia justa passou esse encrencado secretário, heim! Kkkkkkk

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários