Poder

Professores de Paulo Ramos deflagram greve de advertência por melhorias salariais

thumbnail_IMG-20170925-WA0018

Os professores da rede municipal de Paulo Ramos deflagraram, nesta segunda-feira (25), uma paralisação de advertência de 48h para reivindicar melhorias para a categoria.

Segundo a coordenação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básicas das Redes Publicas Estadual e Municipais do Estado do Maranhão (Sinproesemma), desde de janeiro de 2017, a classe vem discutido a pauta de reivindicações com a atual gestão municipal, porém até o momento a Prefeitura de Paulo Ramos não propôs qualquer tipo de acordo que fosse em prol dos professores.

Os servidores da educação reivindicam reajuste salarial, promoção, progressão, titularização, garantia dos direitos dos trabalhadores não docentes e a readequação da carga horária dos trabalhadores das séries iniciais.

“A greve é um instrumento legítimo de reivindicação e pressão em prol de uma luta justa e necessária. É angustiante sabermos que nossos direitos cabem no papel, mas não são respeitados. O nosso intuito não é prejudicar os educandos e nem tampouco ficarmos de braços cruzados, se fazemos isso é porque somos praticamente obrigados pela a atual administração que não quer negociar com a categoria.”, desabafaram os professores.

thumbnail_IMG-20170925-WA0019


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários