Poder

Fachin determina prisão de Joesley, Saud e ex-procurador Miller

O Antagonista apurou que Edson Fachin acatou o pedido de prisão de Joesley Batista, Ricardo Saud e Marcelo Miller.

A princípio, trata-se de prisão temporária.

Combinação

O Antagonista apurou que Rodrigo Janot pediu a prisão de Marcelo Miller e Ricardo Saud, porque o ex-diretor de relações institucionais da JBS revelou que montou os anexos da delação premiada a quatro mãos, com o então procurador.

A interlocutores, Janot se diz traído por Miller, pois alega que não sabia da atuação do procurador na condução do acordo de colaboração.

Além disso, a revelação de Saud indica que houve seletividade na apresentação dos crimes cometidos por Joesley e sua turma.

Como O Antagonista publicou há pouco, Joesley contou na quinta-feira que ainda tem gravações inéditas guardadas.

Fachin já acatou o pedido de prisão dos três e deve encaminhar o pedido à PF em breve.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Fachin determina prisão de Joesley, Saud e ex-procurador Miller”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. João Luiz Pereira Tavares

    Enganar-nos exatamente como o PT fizera!

    Estamos livres! Mas a cultura artística no Brasil está morta.

    Graças!, estamos livres da breguice do petismo! Graças ao Dallagnol e ao Palocci.

    Além de ser medíocre em inteligênica em projetos e medidas de macroeconomia, o PT é, também, em cultura, em arte, em e-du-cação, barango, brega, POPULISTA,
    embusteiro, cafona, de mau gosto, nivelando por baixo, Kitsch.
    Sempre ODIANDO tudo que se trata de ALTA-CULTURA e tudo
    aquilo que é positivamente de ELITE!

    O PT é uma negação em Economia. Mas o é também em cultura,
    valorizando apenas lixo e a BAIXA-CULTURA.

    O PT foi em 13 anos uma besta-fubana.
    [e tem gente baranga que o adora! Adora & ama o PT! — Dá pra acreditar?].

    Finalmente! Livres do barango! Obrigado, Palocci & Dallagnol.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários