Poder

Desembargador Bayma diz que vota na tradição do TJ e nega que governo interfira na eleição

thumbnail_IMG-20170905-WA0048

“Eu sempre defendi a tradição e acho que o certo é esse. Está na Lei”, afirmou o desembargador Antônio Fernando Bayma Araújo, ao Blog do Neto Ferreira, sobre a eleição do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA).

A disputa na Corte de Justiça estadual está polarizada entre os desembargadores Nelma Sarney e José Joaquim, no entanto a candidata natural para suceder o presidente Cleones Cunha é Nelma.

Portanto, tudo indica que o voto de Bayma será destinado à desembargadora.

O desembargador disse, ainda, que a eleição está indefinida até o momento, pois há empate, e que muitos magistrados seguem linha da ordem natural e da tradição da sucessão do cargo de presidente.

Questionado pelo titular do Blog sobre a interferência do governador Flávio Dino (PCdoB) na eleição, Bayma Araújo garantiu que não há qualquer tipo de intromissão do gestor na disputal eleitoral, como tem se especulado pelos bastidores político e do judiciário.

A eleição do Tribunal de Justiça para o biênio 2018/2019 ocorrerá no dia 4 de outubro.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários