Poder

Desabafo de Sebastião Madeira…

Sebastiaomadeira

O ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB), concedeu uma entrevista para uma rádio de São João dos Patos, e afirmou que não apoiará o projeto de reeleição de Flávio Dino (PCdoB) para o governo do Maranhão em 2018.

Madeira alegou que não recebeu qualquer tipo de apoio do gestor estadual enquanto esteve à frente da Prefeitura.

“Não, não.. se quando eu era prefeito da segunda cidade do estado, bem cotado na minha avaliação, eu não recebi o apoio, que como prefeito precisava, então agora eu estou recebendo recado toda hora, que o governador outro dia ligou, quer almoçar comigo, eu disse não. (…) No projeto do governador Flávio Dino não tem espaço para o Madeira, então o que eu vou fazer lá? Vou seguir meu próprio caminho.”, garantiu o ex-prefeito.

Em outro trecho da entrevista, Sebastião Madeira comentou que o governo de Dino é um desastre político, pois não apoia e faz “pouco caso” das lideranças políticas das cidades.

“Eu não diria que administrativamente seria um desastre , é um desastre político. Se ele [Flávio Dino] tivesse me procurado e dito: Madeira não deu certo sair candidato do teu partido e nem do meu, eu preciso eleger a Rosângela, porque tenho que agradar o PDT, Weverton Rocha, mas ver o que tu precisa para completar tua administração, para sair desse sufoco; Madeira, eu posso te apoiar para o Senado, vamos juntos, eu iria. Agora, é um exemplo do que eles fazem, simplesmente me desconsideraram como se eu fosse um traste, inútil, então é um desastre político”, desabafou Madeira.

O ex-gestor ressaltou que as obras feitas pela gestão estadual não impulsionam a avaliação de Flávio Dino porque ele faz desconsiderando as lideranças dos município.

Para o Madeira, as construções realizadas na atual gestão foram possíveis pela existência de R$ 2 bilhões deixados por Roseana Sarney.

Ouça aos áudios:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários