Poder

Veja Aluísio Mendes vazando informações da PF para Fernando Sarney

Aluísio Mendes ao lado de Fernando Sarney.

Alvo de denúncias sobre pagamento de R$ 131 mil em diárias em hotel de luxo em São Luís com verba parlamentar, o ex-secretário de Segurança Pública e atual deputado federal, Aluísio Mendes (PODE-MA) já foi acusado de vazar informações da operação Boi Barrica, em benefício ao grupo Sarney.

À época, Mendes era segurança do ex-presidente da República, José Sarney, e foi um dos principais personagens do inquérito da PF, que tinha como figura central o dono do Sistema Mirante de Comunicação, Fernando Sarney.

Em gravações autorizadas pela Justiça, a PF descobriu diálogos em que Mendes alerta Fernando que um dos motoristas dele, Marcos Antônio Bogéa, estava sendo seguido pelos investigadores.

O Blog do Neto Ferreira teve acesso aos diálogos interceptados e irá divulgá-los.

Uma das conversas gravadas entre Fernando e Aluísio mostra o quanto o empresário estava desconfiado do cerco da PF contra o motorista.

No mesmo diálogo, o deputado orienta o irmão de Roseana Sarney como Marco deveria se preparar para uma abordagem policial. “Porque, se tem algum colega teu, podia ir lá ver o que está acontecendo”, diz Fernando Sarney

“É…é isto que estou vendo. Eu tô ligando para um colega meu agora. Ele na caixa postal. Tem um delegado amigo meu de lá. Mas eu não tou conseguindo. Deixei dois recados agora na caixa postal dele”, afirma Mendes.

“Como ele não tem conhecimento nessa área, o cara pode dizer: você vai com a gente e ele acaba indo, né? Se dá uma pressão, dá uma ladeira nele e ele vai acabar. Entendeu? Então, alguém só para orientar. Dizer: se vocês querem conversar com ele, vocês intimem”, explica o deputado.

Em outro diálogo, Mendes diz que já descobriu que o carro usado na campana do motorista de Fernando Sarney era mesmo da Polícia Federal como os dois suspeitavam. “Não, não. Só pra te dizer: liguei lá agora. Estão lá, os três. Estão lá, num carro preto, na porta do prédio”, conta Fernando Sarney.

“Eu já peguei até a placa para levantar, para ver se é mesmo do DPF [Departamento de Polícia Federal]” afirma Mendes.

O processo que envolvia todos os alvos, inclusive o deputado, que foi apontado por vazamento de informação, foi arquivado pelo Tribunal Regional Federal.

No Maranhão, o delegado que comandava as investigações sobre o caso foi exonerado do cargo e o agente federal Danilo dos Santos foi afastado e preso por vazamento de informações. Mas contra o agente aposentado Alusío Mendes nada aconteceu.

Em nota encaminhada ao Blog do Neto Ferreira, o deputado federal afirma que não foi aberto sequer processo administrativo, e, que apenas foi ouvido como testemunha do referido caso.

“Nunca foi aberto processo administrativo pela Policia Federal contra Aluísio Mendes acerca desse fato pois não foram encontrados indícios mínimos da participação dele, conforme parecer do MPF e da justiça Federal acima. Aluísio Mendes só foi ouvido como testemunha, sequer foi indiciado ou denunciado.”

aluisio1

aluisio2

aluisio3

aluisio40002

aluisio5


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Veja Aluísio Mendes vazando informações da PF para Fernando Sarney”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Paulo

    Josimar tá te pagando quanto pra tu replicar matéria antiga?! Seja um jornalista decente.

  2. Alexandro

    Matéria antiga ou não, a verdade é que esse safado do Aluísio Mendes não passa de um corrupto a serviço dos Sarneys. E ainda tem otário defendendo.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários