Poder

Gestão Luis Fernando vai pagar R$ 1,4 milhão para colocar ribamarenses no SPC/Serasa

Com dispensa de Licitação, a Prefeitura de São José de Ribamar, administrada pelo economista Luis Fernando (PSDB), contratou o SERASA, com sede em São Paulo, e a Câmara dos Dirigentes Logistas de São Luís/SPC Brasil para a prestação de serviços de inclusão de registro de pessoa física ou jurídica no serviço de proteção ao crédito.

A contratação tem o intuito de negativar o nome da empresa ou pessoa física, inclusive, que deixar de honrar com os compromissos.

O valor despendido pela gestão municipal é de R$ 1.440.000,00 milhão, sendo que cada contrato foi orçado em R$ 720 mil.

Por mês, as empresas receberão cerca de R$ 60 mil. Os acordos contratuais tem validade de 12 meses. Os contratos foram assinados por Walber Mendes Mouzinho, secretário da Receita e Fiscalização Urbanística.

O SERASA é administrado por Valdemir Bertolo, Guilherme Aberto Woods Soares Cavalieri, José Luiz Teixeira Rossi, Sérgio Souza Fernandes Júnior e Lisias Lauretti. E a CDL é comandada por Fábio Henrique Reis Ribeiro.

IMG-20170823-WA0009

IMG-20170823-WA0010

sjr

sjr1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Gestão Luis Fernando vai pagar R$ 1,4 milhão para colocar ribamarenses no SPC/Serasa”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Paulo Castro

    Isso não é errado! Mas esse valor é alto demais p o povo de Ribamar pagar.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários