Poder

Prefeitura de São José de Ribamar prevê gastar R$ 6,1 milhões em ar-condicionado

A Prefeitura de São José de Ribamar, administrada por Luís Fernando, pretende gastar R$ 6.196.460,00 milhões em ares-condicionados tipo split.

As empresas que foram contratadas para realizar o fornecimento dos equipamentos são o Grupo Nordeste Refrigeração, localizada em São Luís; a São José de Ribamar Varejista, como sede também em São Luís; o Mercantil Passinho, situado em Raposa; o Comercial Sophia, localizado em São Luís; e Conserv Comércio, sediado em Paço do Lumiar.

A maior parcela do contrato ficou com o Grupo Nordeste, de propriedade de Elaneide Diógenes Pinheiro Pereira e Domingos Genival da Silva Pereira. A empresa vai lucrar cerca de R$ 2.876.750,00 milhões.

Já São José de Ribamar Varejista, que pertence à Francisco Eduardo Noronha Lobato, vai faturar R$ 435.100,00 mil.
Vai ser pago para o Mercantil Passinho, que tem como donos Adelman Gonçalves Passinho e William Vinícius Nogueira, Passinho, o valor de 620.310,00 mil.

E para o Comercial Sophia, o montante foi maior e a empresa deve embolsar R$ 1.127.600,00 milhão.

De acordo com o Diário Oficial, vai ser repassado para o Conserv Comercial, de propriedade de Joel Silva de Carvalho e Noa Botão de Carvalho Chaves, a quantia de R$ 1.136.700,00 milhão.

sjr

sjr1

sjr2

sjr3

sjr4

sjr5

sjr6

sjr7

sjr8

sjr9

sjr10


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários