Poder

Prefeitura de Paulino Neves retira guarita de obra para retaliar policiais militares

page

Antes e depois da guarita.

A Prefeitura de Paulino Neves, administrada por Roberto Silva, vem atrapalhando o andamento da obra da ponte sobre o Rio Novo, que liga o município a Barreirinhas. A construção é realizada pelo Governo do Estado.

Nessa semana, foi registrado um episódio lamentável na cidade.

O engenheiro da obra proibiu que veículos acima de 8 toneladas passassem em cima da referida ponte, no entanto a Prefeitura autorizou que um caminhão pipa transitasse pelo local.

Ao verificar a situação, policiais militares, que fazem o reforço da segurança, não permitiram a passagem. Então, a mando da gestão municipal, a Secretaria de Paisagismo autorizou a destruição da guarita onde ficam os policiais, alegando que o abrigo estava interferindo na paisagem de Paulino Neves.

Além disso, relatos afirmam que a Prefeitura mandou suspender o fornecimento de combustíveis e alimentação para o Destacamento da Policia Militar, que é subordinado ao 16º BPM.

Em Paulino Neves, há apenas 2 policiais militares, por isso o governo enviou mais 10 militares para que a segurança fosse garantida. No entanto, a gestão municipal ainda não compreendeu os benefícios que a obra irá levar para o município e tenta de todas as formas atrapalhar o andamento dos trabalhos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Prefeitura de Paulino Neves retira guarita de obra para retaliar policiais militares”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. jose carlos silva

    Neto, a Prefeitura não tem obrigação de fornecer combustível nem refeição para a polícia militar.

  2. Cristovao

    Quem não gosta de polícia é bandido!
    Ao invés de atrapalhar o serviço da PM esse prefeito deveria trabalhar e não enriquecer as custas da população de Paulino Neves!

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários