Poder

“A Câmara é o poder forte, preponderante”, diz Ivaldo Rodrigues

Do site O Quarto Poder

ivaldorodrigues

O Quarto Poder entrevistou o secretário Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento de São Luís, Ivaldo Rodrigues, um dos auxiliares do prefeito Edivaldo Holanda Jr que mais tem se destacado neste segundo mandato. Entre outras ações, Ivaldo tem tido muita aprovação popular, por conta do projeto Feirinha São Luís, que acontece todos os domingos das 7h às 15h na Praça Benedito Leite, se tornando uma nova opção de lazer para a família ludovicense e para turistas.


O Quarto Poder – Como foi deixar o Legislativo para assumir o cargo de secretário Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, no poder Executivo?

Eu sou um homem de missão, e considero essa minha participação na gestão do prefeito Edivaldo, uma missão no contexto de contribuir com a cidade e fazer com que a pesca, a agricultura e o abastecimento da capital possam ser áreas fortes. Portanto, busco permanentemente ampliar essas ações, entendendo que por determinação do próprio prefeito esse seja o ano da agricultura em São Luís, como já acontece em todo o Brasil e no Maranhão.

Quais as principais diferenças entre os dois cargos; vereador e titular da SEMAPA?

São poderes distintos naturalmente, mas temos convergências, como assuntos e propostas que convergem, cada uma na sua forma de ação, o executivo e o legislativo por essência são poderes diferenciados, que buscam o bem comum. Mas no poder executivo existem as ferramentas e condições apropriadas, para levar em frente projetos que no legislativo por sua vez parecem utópicos. Resumindo: o que podemos realizar no executivo, no legislativo é humanamente impossível, pois um executa ações e o outro faz leis.

Se o prefeito lhe desse a oportunidade, hoje, de escolher entre permanecer como secretário ou voltar ao Parlamento, qual seria a sua resposta?

Eu fico bem dos dois lados da moeda. Eu considero que meus mandatos como vereador foram bem proveitosos, e entendo que minha participação no executivo está sendo bem avaliada pelo prefeito, e considero importante manter esse bom diálogo com meus colegas de governo, e que possamos continuar fazendo um bom trabalho, mas o cargo é do prefeito (risos).

Cite três ações que lhe marcaram, tanto como vereador quanto como secretário…

Como vereador posso falar sobre a lei de minha autoria que foi a criação do Cartão Criança, tenho a segurança de que foi a lei mais importante que criei, pois hoje as crianças não passam mais por baixo da catraca dos coletivos e terminais de integração, que era uma humilhação do ponto de vista pedagógico, até mesmo uma indecência que em pleno século XXI, com todos os apetrechos tecnológicos disponíveis, as crianças continuassem passando por essa humilhação no sistema de transporte público.

Já no executivo, como secretário Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), as duas ações que marcam durante esse primeiro momento é a ação de Combate ao Abate Clandestino e a moralização do sistema de comercialização do Mercado do João Paulo. Não poderia esquecer também a concretização do sonho da Feirinha São Luís.

Qual a importância da pasta que o senhor comanda, para o município de São Luís?

São Luís é uma cidade absolutamente propícia para a agricultura, levando em conta que nós temos o maior cinturão verde de todas as capitais do Brasil, então acho importante que possamos ver a cidade através da perspectiva de uma vocação econômica a partir do agronegócio, que tem um significado muito grande.

Hoje, como secretário, no Executivo, como o senhor avalia a atuação da Câmara?

A Câmara é o poder forte, preponderante, temos grandes vereadores, tenho muitos amigos no Parlamento, dentre eles o próprio presidente, mas acredito que vivemos em um momento de muita dificuldade, do ponto de vista da afirmação do poder executivo e legislativo e isso nos enfraquece, pois vivemos um momento de ‘judicialização’ da política e nisso me parece que há uma certa angústia (por parte de nós como classe política), mas mesmo assim, acho que a Câmara tem desempenhado papel fundamental para a consolidação das políticas públicas que nós do executivo fazemos. Então a Câmara ela é responsável à priori pelo orçamento da cidade, pelo Plano Plurianual (PPA), pela Lei Orçamentária Anual (LOA), e pela a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), portanto não há poder forte sem parlamento forte.

É mais fácil ser vereador ou secretário?

Nenhum dos dois é fácil, pois a demanda é muito grande, vivemos em uma cidade de um milhão de habitantes, com muitos problemas, é um desafio enfrentar tantos problemas e ter capacidade de resolução deles. Não só como vereador, como secretário, existe a responsabilidade de transformar a realidade da nossa sociedade. Mas considero que estou cumprindo uma missão que considero importante continuar.

Como o senhor avalia o primeiro semestre do segundo mandato do prefeito Edivaldo Holanda Jr?

Estamos passando por uma crise econômica nunca vista nesse país, que abalou nossas estruturas e também nossa capacidade de realização, mas mesmo assim passamos esses seis meses pagando o funcionalismo em dias, executando obras, construindo, cumprindo o nosso papel fundamental, que é governar para todos, buscando sempre parcerias, principalmente com o Governo Estadual, através do governador Flávio Dino que tem sido principal parceiro do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

A atual gestão municipal tem sido criticada por setores da mídia e em redes sociais. Como o senhor analisa as críticas ao governo municipal?

As críticas seriam piores se não estivéssemos cumprindo com o nosso papel fundamental de consolidar as políticas públicas de saúde, educação e funcionalismo público. Hoje o prefeito tem cumprido o seu papel, com muitas dificuldades, mas cumprindo o seu papel como prefeito da cidade.

É verdade que o senhor não concorrerá a uma cadeira na Câmara Municipal, para a próxima Legislatura?

Não! Eu sou candidato a vereador sim, mas não sou candidato a deputado estadual.

Recentemente dois vereadores se envolveram em troca de insultos e acusações, durante sessão na Câmara. O fato ganhou ampla repercussão na mídia local. Como senhor encara este tipo de incidente?

Isso acontece, acho que faz parte da democracia e do bom debate, não creio que isso diminua os parlamentares que discutiram, eu mesmo já fui protagonista de vários debates na câmara, e faz parte do processo da vida política. Tanto o Parlamento Federal, quanto o Estadual e o Municipal são casas de debate, o grande trunfo que o legislativo tem e principal mecanismo de luta é a tribuna, essas discussões acontecem em parlamentos do mundo inteiro.

O Brasil vive um tempo de crise política, antes com a então presidenta Dilma e, atualmente, com o presidente Michel Temer.

Sendo um político experiente, qual a sua análise sobre o cenário político que o Brasil atravessa?

Primeiro, nós temos uma crise de credibilidade que já é ruim, segundo, a judicialização da política que também é muito ruim, terceiro, que a instituições passam por um momento delicado do ponto de vista de afirmação e consolidação do processo democrático, talvez esteja acontecendo um retrocesso, mas eu espero que possamos superar essas dificuldades, que são inerentes de qualquer poder. Mas a expectativa é que possamos superar todos esses problemas o mais rápido possível para o bem da economia e do Brasil.

Licenciado do Legislativo, mas trabalhando no Executivo, que mensagem o senhor deixa para os seus eleitores e para a população de São Luís?

Eu quero trabalhar bastante para que possamos mesmo do outro lado da moeda, mostrar que é possível fazer um bom trabalho ainda que nas dificuldades, e contar com a compreensão das pessoas por essa opção da forma de estar contribuindo com a cidade e com meus eleitores.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em ““A Câmara é o poder forte, preponderante”, diz Ivaldo Rodrigues”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Thamires

    O Secretário Ivaldo Rodrigues está fazendo um trabalho primoroso na secretaria.

  2. Gilberto

    Grande homem publico Ivaldo Rodrigues.

  3. Bruna

    Parabéns, Rodrigues. está fazendo um ótimo trabalho.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários