Poder

Empresa treina vigilantes e disponibiliza local insalubre como dormitório

Uma grave denúncia sobre a empresa Clam, que é especializada em formação, treinamento e mão de obra, com foco em segurança, foi enviada ao Blog do Neto Ferreira.

Segundo os relatos, os profissionais, que participam do curso para vigilantes, estão sendo expostos a lugares completamente insalubres. A empresa fica localizada no bairro do Centro, em São Luís.

O dormitório que foi disponibilizado para os alunos não tem cama adequada, apenas colchões que são colocados no chão; a ventilação é precária, bem como a iluminação.

O local coloca a saúde das pessoas em risco, pois há proliferação de bactérias devido a má conservação do dormitório.

thumbnail_IMG-20170604-WA0023

thumbnail_IMG-20170605-WA0003

thumbnail_IMG-20170605-WA0007

Retratação

A direção da empresa Formav entrou em contato com o Blog do Neto Ferreira alegando que as imagens acima não são da empresa de segurança privada.

Como prova, enviou várias fotos do real alojamento da Formav.

Em razão disso, o editor deste Blog pede desculpa pelo erro, no qual já foi devidamente corrigido.

Veja as fotos reais da empresa Formav:

IMG-20170606-WA0032

IMG-20170606-WA0031


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Empresa treina vigilantes e disponibiliza local insalubre como dormitório”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Luiz

    Simples de resOliver. Só irem ao luzeiros e hospedarem lá. Com certeza esse alojamento ė cortesia da empresa.

  2. Virginia Fernandes

    Caros leitores, Sou Virginia Fernandes, advogada (OAB/PR 47.191) da empresa FORMAV, e posso afirmar, sem receio, que a notícia ora veiculada é totalmente inverídica. As fotos apresentadas na notícia NÃO SÃO e NUNCA FORAM da Empresa Formav, conforme comprova as fotos divulgadas no facebook. Segue o link que demonstra https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1382418525178806&id=182311408522863

    Desse modo, solicito que o autor deste blog, corrija imediatamente o equívoco, e retire imediatamente o nome da FORMAV da referida publicação, sob pena das medidas judiciais cabíveis.
    Aguardo providências imediatas.

    Virginia Fernandes
    OAB/PR 47.191

  3. Jucilene

    Eu já fiz reciclagem no Clam e não teve nada disse. O alojamento é normal e existem várias beliches, e o pessoal que as vezes gosta no horário de descanso colocar colchão em cima do Tatame pra descansar. Até lanche eles colocam no frigobar que não foi mostrado. Eu fiz e fui muito bem tratada. Como o colega falou: quer luxo vai pro hotel

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários