Poder

Mulher diz que foi espancada por policial militar

18740570_1363646103719119_8046646874638074416_n

Uma jovem identificada como Kamilla Thayse Ferreira Silva fez uma grave denúncia de agressão e coação contra um policial militar do Maranhão, Alexandre Ferreira dos Santos, que seria o primo dela. O caso aconteceu em Timon na última semana.

Segundo o relato feito por Kamilla, em sua conta no Facebook, o agente militar a agrediu verbal e fisicamente. “É com pesar que venho através desse desabafo comunicar a vocês, que na manhã de ontem fui vítima de uma brutal agressão dentro de minha própria residência. Agressão essa, cometida por um ser que se diz meu primo o Sr. Alexandre Ferreira dos Santos, Policial Militar do Estado do Maranhão”, relatou.

A jovem que a confusão se deu pelo fato de que registrou um boletim de ocorrência contra a irmã de Alexandre, identificada apenas como Francijane, pois esta teria cometido crime de racismo e calúnia.

Após o registro do B.O, a mãe dos irmãos, Joana Ferreira, foi até a residência de Kamilla e a ameaçou. Na ocasião, disse palavras de baixo calão e deu um prazo de 24h para que a jovem retirasse a denúncia contra a filha.

Um dia depois, Alexandre foi até a casa da vítima e, com a mesma arrogância, ameaçou, gritou e desferiu um golpe contra a jovem, que chegou a cair no chão.

“Enquanto isso o agressor, estava viajando a trabalho, chegou na manhã de quarta , ontem pela manhã foi até mim, da mesma forma chegou gritando do meio da rua invadindo minha residência e já foi logo me empurrando, pedi que ele se retirasse da minha casa por que minha mãe já estava começando a ficar nervosa e sua pressão subindo de novo foi aí que ele me deu o primeiro soco no rosto pelo qual cai, já perdendo toda chance de esboçar qualquer reação de defesa com muito esforço, consegui levantar e pedi novamente que ele se retirasse, e como resposta recebi uma chave de braço no pescoço me sufocando e fui arrastada pela casa, quando me soltei ele me puxou quebrou meu braço e me jogou no chão”, detalhou Kamilla.

Após a agressão, a vítima foi internada e já passou por cirurgia.

O caso já foi denunciado na Delegacia de Timon, que deverá tomar as providências cabíveis.

denuncia

18622545_1363646040385792_7152066491462172930_n


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários