Poder

Prefeitura de Monção já recebeu R$ 7 milhões, mas salários estão atrasados

Os funcionários do município de Monção estão passando por momentos de grandes dificuldades sem ter como sustentar suas famílias, pois estão com seus proventos atrasados. Até os comerciantes já estão se recusando a vender para estes funcionários.

Na Educação o atraso é referente ao mês de janeiro que não foi pago e nem tem previsão oficial para que ocorra. Só de recursos do FUNDEB que caiu nos cofres do município administrado pela prefeita Cláudia Silva, do PSDB, no período de 1 de Janeiro até o dia 03 de fevereiro já somam mais de 4 milhões de reais, dinheiro suficiente para pagar os dois meses em questão e ainda sobrar no caixa municipal.

Situação de calamidade ainda maior estão os funcionários da administração e saúde que não receberam o 1/3 de férias, o mês de dezembro 2016, o 13º de 2016 e o mês de janeiro de 2017, mesmo já tendo caído recursos dessas duas áreas que somam quase 3.000.000,00 (três milhões).

Este dinheiro é suficiente para sanar todos esses atrasos, mas o Secretário de Saúde de Monção Erion Célio Pereira da Silva, conhecido como Chixolinha e a prefeita Cláudia Silva dizem que não há recursos suficientes em caixa para pagar. Falar em saúde, o hospital municipal está abandonado, sem receber um paciente, sem médico, um verdadeiro caos.

Contando todos os recursos disponíveis na nova gestão inclusive o dinheiro da repatriação que caiu no final do ano passado no valor de mais de 1 milhão de reais que ficou para a nova gestora administrar, o montante já é de 7 milhões de reais.

Existem outros recursos consultados no bb demonstrativos, como ICMS, Fundo nacional de Petróleo entre outros que não foi tirado print, já estão no somatório dos 7 milhões.

Há ainda outros recursos que o município recebe que não são contempladas nesses relatórios tais da VALE, CEMAR, DETRAN e outras receitas.

Repasse Educação

Repasse FPM

Repasse Saúde


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários