Poder

Brandão concede uso de terras para agricultores do projeto Salangô em São Mateus

img-20170105-wa0026

Na manhã de ontem (04), o prefeito Miltinho Aragão (PSB) e o vice Ivo Rezende (PCdoB) participaram da entrega de contratos de concessão de uso da terra para os agricultores do projeto Salangô do município de São Mateus.

Carlos Brandão, governador do Estado do Maranhão em exercício, realizou a entrega dos documentos que concedem o uso de terras para agricultores na presença de deputados estaduais, do senador da República interino, Pinto Itamaraty; do vice-prefeito de São Luís, Júlio Pinheiro, na ocasião representando o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior; secretários de Estado, presidentes e diretores de entidades parceiras, além dos próprios agricultores e presidentes das associações que hoje fazem parte do Salangô.

img-20170105-wa0027

No total, 212 agricultores vinculados a nove associações foram beneficiados pelo projeto, neste primeiro momento. O plano é que novas concessões sejam entregues ao longo deste ano.

A visão de promover a agricultura familiar em nosso estado, valorizando a vocação do maranhense e a prefeitura de São Mateus com aqueles que vivem e convivem com os campos, águas e riquezas naturais de todo o Maranhão.
Atualmente, há produção em 317 hectares do Projeto Salangô. A expectativa para este ano é a de que alcance 600 hectares, com hortifrutis, arroz e sementes de arroz.

PROJETO SALANGÔ

Consiste em um perímetro público de irrigação que compreende uma área de aproximadamente 3.630 hectares, projetado com vários sistemas de irrigação (sistema de irrigação por inundação, por microaspersão e aspersão convencional), que se localiza a margem direita do rio Mearim, a 18 km da sede do município de São Mateus do Maranhão.

Outros investimentos estão sendo alocados para mais adiante. Este projeto saiu das matérias negativas e deixou de ser chacota nacional para avançar de maneira extremamente positiva. A união de forças poderá tornar São Mateus em a ‘Petrolina do Maranhão’’, apostou o prefeito Hamilton Aragão – o Miltinho – ao se referir ao projeto cearense que foi iniciado nos anos de 1990, assim como o Salangô, e que hoje já exporta os seus produtos e dispõe de aeroporto internacional, transportando hortifruts para a Europa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários