Poder

Rodoviários de São Luís e Região Metropolitana entram em estado de greve

greve-onibus-sao-luis-e1454624299599
Após assembleias nesta quinta-feira (12), os rodoviários decidiram por iniciar o estado de greve. Isso não significa dizer que haverá paralisação imediata da circulação de ônibus na cidade. Com o estado de greve, o Sindicato dos Rodoviários está concedendo um prazo aos empresários, até a metade da próxima semana, para que as negociações entre as partes possam acontecer. Se nenhum acordo for firmado durante esse período, aí sim, será deflagrado o movimento de paralisação na capital.

O principal motivo para o estado de greve, e possível paralisação, foi o não cumprimento de acordos por parte dos empresários do setor.

“O problema é a questão do descumprimento do acordo por parte da patronal com relação aos trabalhadores que ficaram fora dos seus postos de trabalho, pois eram contratados das empresas que perderam o processo licitatório. Foi firmado acordo com a SMTT (Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes), Ministério Público e trabalhadores, garantido o remanejamento de parte desses rodoviários para outras empresas. Ficou acordado que seriam chamados, de imediato, 109 trabalhadores para as empresas que ganharam o certame, e o restante ficaria em um banco de vagas para serem chamados de acordo com a necessidade das empresas”, explicou o presidente da STTREMA em entrevista nesta tarde.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários