Poder

CGU revela superfaturamento em contratos de R$ 7,1 milhões da Prefeitura de Timon

A fiscalização foi realizada entre novembro de 2015 a fevereiro de 2016 e é referente a aplicação de recursos do Programa Nacional de Transporte Escolar nos exercícios de 2014 e 2015.

Auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) detectou superfaturamento em contratos no valor R$ 7.168.841,92 milhões firmado entre a Prefeitura de Timon, que está sob o comando de Luciano Leitoa, e a empresa Locar Transportes.

A fiscalização foi realizada entre novembro de 2015 a fevereiro de 2016 e é referente a aplicação de recursos do Programa Nacional de Transporte Escolar nos exercícios de 2014 e 2015 (até outubro/2015).

Segundo documento obtido pelo Blog do Neto Ferreira, os auditores detectaram que foram pagos à Locar Transportes o montante de R$ 7.168.841,92 milhões referentes aos exercícios de 2014 (fevereiro a novembro) e 2015 (fevereiro a outubro), custeados com recursos federais do FUNDEB e do PNATE.

No entanto, as medições e faturas deveriam ser no valor total de R$ 4.665.490,85 milhões, o que resultou em pagamentos a mais no valor de R$ 2.503.351,07 milhões.

O Blog divulgou, no dia 28 de novembro, o valor do rombo deixado nos cofres da Prefeitura de Timon, em decorrência de sublocações realizadas pela empresa Locar Transportes. Relembre aqui

Em nota, a Prefeitura de Timon se manifestou sobre o caso. Veja abaixo:

Trata-se de relatório parcial produzido pela CGU sobre o transporte escolar do município, cujas falhas apontadas já foram devidamente esclarecidas, mas de forma alguma causando prejuízo ao erário municipal. No momento aguardamos a manifestação definitiva do Ministério da educação, órgão concedente dos recursos.

timon1

timon5

timon7

timon6


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários