Poder

Voo da Chapecoense tinha 22 profissionais de imprensa, incluindo Mario Sérgio

Ao menos 70 passageiros morreram no acidente

1480419964240

O voo que caiu nesta terça-feira nas proximidades de Medellín levava, de acordo com a Chapecoense, 72 passageiros, além de nove tripulantes. Desses, 22 eram profissionais de imprensa. O único sobrevivente seria o jornalista Rafael Henzel, da Rádio Oeste Capital, que foi levado ao Hospital San Juan de Dios.

De acordo com a polícia de Antioquia, o estado colombiano onde fica Medellín, apenas cinco pessoas sobreviveram. Havia 81 pessoas no voo, sendo que pelo menos 70 morreram. Três dos sobreviventes são jogadores – Danilo, Alan Ruschel e Folmann -, e outra é uma tripulante – Jimena Suárez.

Do Estadão de São Paulo


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários