Poder

Procuradoria denuncia donos da Bem Viver, ICN e empresário por lavagem de dinheiro

Segundo o procurador da República, essa já é a segunda denúncia oferecida contra investigados pela Operação Sermão aos Peixes.

page

Benedito Carvalho , Péricles Silva Filho , donos do ICN; Emílio Borges Rezende, proprietário da Bem Viver.

O procurador da República, Régis Richael Primo da Silva, ofereceu denúncia para 1ª Vara Federal contra 7 pessoas que foram alvos da 2ª fase da operação Sermão aos Peixes – Voadores e Abscôndito-, deflagrada pela Polícia Federal em outubro do corrente ano. A ação investigava desvio de milhões da saúde do Maranhão (relembre o caso)

De acordo com documento obtido com exclusividade pelo Blog do Neto Ferreira, foram denunciados Emílio Borges Rezende, diretor da Associação Bem Viver e dono do Centro de Oncologia Brasileiro (COBRA); Benedito Silva Carvalho e Péricles Silva Filho, donos do Instituto de Cidadania e Natureza (ICN); Plínio Medeiros Filho; Maíra Milhomem Pereira Malheiro Simões; Marcelo Renato da Silva; Antônio Bernardo Milhomem Pereira. Todos acusados de crimes de lavagem de dinheiro e peculato.

Segundo o procurador da República, essa já é a segunda denúncia oferecida contra investigados pela Operação Sermão aos Peixes.

A primeira, o Ministério Público Federal (MPF) denunciou 5 das 7 pessoas que foram alvos na 1ª fase da Operação referida acima, ação que tinha como a finalidade apurar o desvio e a posterior lavagem de verbas federais destinadas ao Sistema Estadual de Saúde por meio do Instituto de Cidadania e Natureza (ICN) e da Associação Bem-Viver e de empresas subcontratadas pelas OSCIP’s para prestar serviços de assistência à saúde. (Releia)

Já a segunda denúncia diz respeito ao desvio e a lavagem de dinheiro realizados pelos denunciados por meio da emissão, desconto, e depósito de cheques, bem como da aquisição de aeronaves com recursos desviados. “Uma vez mais os crimes envolvem dirigentes das entidades do ICN e Bem Viver e pessoas a elas vinculadas”, afirmou Régis Silva.

Na peça acusatória, o procurador não denunciou Théofilo Junqueira Vilela Júnior e Valdeney Francisco Saraiva, pois não houve elementos suficientes para acusá-los. Ambos também foram alvos da Operação Sermão aos Peixes.

“Em face do exposto, o Ministério Público Federal requer recebimento desta denúncia e o regular processamento do feito, ao final do qual espera sejamos denunciados condenados às penas da Lei”, pediu Régis Silva.

img-20161124-wa0064

img-20161124-wa0074

img-20161124-wa0073


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Procuradoria denuncia donos da Bem Viver, ICN e empresário por lavagem de dinheiro”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Justiça Federal aceita denúncia contra acusados de desvios na Saúde do Maranhão « Neto Ferreira – Conteúdo Inteligente

    […] Leia também: Procuradoria denuncia donos da Bem Viver, ICN e empresário por lavagem de dinheiro […]

  2. Justiça Federal aceita denúncia contra acusados de desvios da saúde do Maranhão « Neto Ferreira – Conteúdo Inteligente

    […] Leia também: Procuradoria denuncia donos da Bem Viver, ICN e empresário por lavagem de dinheiro […]

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários