Poder

Em Bacabeira, o transporte escolar é feito na carroceria dos veículos

A vida das crianças é exposta ao perigo diariamente.

img-20161028-wa0014

img-20161028-wa0015

Diariamente, crianças são expostas ao risco iminente de um grave acidente no município de Bacabeira. Isso porque os estudantes são transportados às suas escolas de forma irregular e perigosa na carroceria de um veículo.

As imagens acima são de alunos que moram no povoado Piqué, e que todos os dias precisam percorrer cerca de 3 km até a escola municipal Ivar Saldanha, localizada no povoado Alto Satuba, onde estudam. As fotos não deixam dúvidas sobre o perigo que correm durante o trajeto e a negligência e irresponsabilidade da Prefeitura de Bacabeira, comandada pelo prefeito Alan Linhares.

Nas imagens, é possível verificar mais de 10 crianças amontoadas na carroceria do veículo. Em uma das fotos, dá pra ver um caminhão passar ao lado do carro em que as crianças estão. O mais revoltante é saber que a Prefeitura contrata empresas para realizar o serviço, mas que acaba sendo realizado de forma ilegal.

Conforme relatos encaminhados ao Blog Neto Ferreira, desde 2008 a empresa JBF Transportes Coletivos e Turismo tem sido contratada pela Prefeitura de Bacabeira para realizar os serviços de transporte escolar.

Nas imagens abaixo, têm-se duas resenhas de termos aditivos celebrados entre a empresa e o município citados: um no valor R$ 90.987,60  e o outro no valor de R$ 272.962,80. Ainda segundo informações recebidas, a empresa em questão, beneficiada e inoperante, pertenceria ao vereador Luís Vilaça.

Como se percebe, Alan Linhares não se preocupou nem com as crianças do município. Por essa e outras irresponsabilidades não conseguiu se reeleger.

img-20161028-wa0016

img-20161028-wa0013

a


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários