Poder

Cláudio Trinchão: “o homem dos precatórios”

claudio-trichao

Cláudio José Trinchão Santos. Um dos nomes mais fortes do último governo Roseana Sarney, que ganhou fama como o “homem dos precatórios” no Maranhão. A alcunha foi dada após a descoberta de um esquema de venda de precatórios na Secretaria Estadual da Fazenda que foi repercutido nacionalmente.

Trinchão ao assumir a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), em 2009, traçou imediatamente estratégias para beneficiar a si próprio e a pessoas próximas dos seus círculos profissional e pessoal com atos não condizentes ao de um gestor público. Desse modo, montou um esquema de concessões de regimes tributários especiais e de créditos tributários ilegais e angariou a alta cúpula da Sefaz para compor a rede criminosa. O ex-secretário também inseriu na “Máfia” procuradores do Estado e até a ex-governadora Roseana Sarney.

Portanto, passou a ser o líder da organização criminosa que deixou um rombo estratosférico nos cofres públicos, chegando a R$ 1 bilhão, segundo constatou o Ministério Público.

Ao deixar o comando da Secretaria da Fazenda, Trinchão se candidatou a deputado federal e fez uma campanha luxuosa, mas não conseguiu se eleger.

Por tais ilegalidades, Cláudio Trinchão já foi denunciado por improbidade administrativa pelo Ministério Público e deve ter a prisão decretada a qualquer momento pela Justiça. Caso seja condenado, vai ter que ressarcir o Erário em mais de R$ 180 milhões. Será penalizado também com a perda do direito da função pública, dos direitos políticos por 8 anos e de contratar com o Poder Público.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Cláudio Trinchão: “o homem dos precatórios””

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Antônio Araújo

    De todos os Secretários da Fazenda do Maranhão, talvez apenas 2 escapem- como homens de bem. Na ordem:
    1. Osvaldo Jacinto
    2. Azoline

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários