Poder

Aliados espalham suposto acordo para retornar Delmar a Prefeitura de Nova Olinda

Delmar Sobrinho foi afastado por 90 dias pela Câmara dos Vereadores.

O prefeito afastado de Nova Olinda do Maranhão, Delmar Barros da Silveira Sobrinho, não se conforma com o afastamento e está fazendo o que pode para retornar ao cargo. Ele foi afastado pela Câmara dos Vereadores pelo período de 90 dias.

Indignado com a situação, Delmar Sobrinho ingressou com duas ações na Justiça, na última quarta-feira (9): uma para retornar ao cargo e a outra para responsabilizar os vereadores por terem o afastado e dado posse ao vice-prefeito, Marlon Vale Cutrim.

Aparecem como réus nos dois processos os vereadores: José Alberto Lopes Sousa, Belimário de Albuquerque Cabral, Herbert dos Santos, Raimunda Rodrigues Rego, Selma de Sousa Coelho, Euvilene Silva Linhares e Milton Moreira da Silva.

Mesmo diante do afastamento, aliados de Delmar espalham na cidade que existe uma suposta “acordo” para que possibilite o retorno dele ao cargo. Retorno que, supostamente, envolveria cifras para bancar uma decisão favorável.

Ocorre, porem, os dois processos que tramitam na Comarca de Santa Luzia do Paruá, sendo um deles o que trata do pedido de retorno ao cargo, estão aos cuidados do juiz Rodrigo Costa Nina, que já determinou o afastamento de Delmar Sobrinho outras vezes do cargo.

Se depender da seriedade do magistrado Rodrigo Nina, Delmar Sobrinho deve permanecer afastado do cargo por atos nada republicanos.

1

2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários