Poder

Mata Roma apresenta várias desconformidades em auditoria do SUS

Trabalho apurou aplicação dos recursos destinados ao Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST).

O Departamento Nacional de Auditoria do SUS (DENASUS) realizou uma inspeção em Mata Roma com o objetivo de verificar a gestão e o gerenciamento da Política de Saúde do Trabalhador no Município, além de apurar a existência ou não de irregularidades no âmbito da utilização dos recursos destinados ao Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST). O trabalho abrangeu as ações realizadas entre janeiro de 2013 e julho de 2014.

A auditoria identificou algumas irregularidades, a saber: desatualização do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), quanto aos dados dos profissionais; composição incompleta da equipe técnica; contratação temporária de profissionais; falta de acompanhamento do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) e alimentação do Sistema de Informação Ambulatorial (SIA/SUS).

Também foi constatado prejuízo à atenção integral à saúde dos trabalhadores, pela ausência de diagnóstico, tratamento, reabilitação e vigilância em saúde; foi verificada ainda, a subutilização da estrutura física e dos profissionais disponíveis para atendimento. Com isso, o CEREST de Mata Roma acaba não desenvolvendo todas as competências definidas para a gestão municipal pela Politica de Saúde do Trabalhador.

O Relatório do DENASUS conclui que a gestão municipal do CEREST, em Mata oma, deve implementar ações corretivas para as não conformidades apontadas, a fim de garantir o funcionamento do serviço condizente com a legislação, seguindo, para isso, as recomendações propostas.

mAta roma

roma


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários