Poder

Relatório da CGU aponta condições precárias do SAMU

A Controladoria-Geral da União (CGU) constatou diversas irregularidades na sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 ao realizar uma auditoria entre os dia 1º e 19 de setembro de 2014. O SAMU é comandado pela Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo documentos obtidos pelo Blog do Neto Ferreira, no período em que o local foi fiscalizado foi detectado que a Central de Regulação de São Luís, que funcionava no bairro Vila Embratel, deveria estar localizada em uma área central, pois tinham apenas duas vias de acesso, pela Avenida dos Portugueses e pela BR-135.

Os auditores detectaram, ainda, que as instalações físicas eram inadequadas. De acordo com o relatório, as instalações necessitavam de pequenos reparos, troca de piso cerâmico e pintura de paredes e esquadrias; a sala de equipamentos estva servindo também para aguardar equipamentos fora de uso/com defeito, o que reduzia a área livre para os que estão sendo utilizados e para a circulação das pessoas; não existia cozinha nem refeitório.

A CGU também afirma que a área destinada para lavagem, limpeza e desinfecção de materiais e de ambulâncias estav
inadequada, pois não respeitava normas para tratamento e escoamento da água utilizada (Anexo Único da Portaria nº 2.657/2004-GM/MS ), funcionava, inclusive, com um motor bomba improvisado sobre um carrinho de ferro com rodas, coberto com plásticos para evitar curto-circuito.

Além desses pontos, os auditores disseram que a Sala de Regulação Médica possuia apenas sete estações de trabalhos: quatro para Técnico Auxiliar de Regulação Médica (TARM), duas para Médico Regulador e uma para Rádio-Operador (esta com dois monitores), enquanto a Portaria nº 1010/2012-GM/MS, exige nove estações de trabalho (cinco para TARM, três para Médico Regulador e uma para Rádio-Operador).

O relatório aponta que as paredes da Sala de Regulação e da Sala dos TARM, assim como as portas e o piso, estavam muito desgastadas e com sinais sujeira, além de não possuir o isolamento acústico necessário.

A sala de repouso, contígua à Sala de Regulação, também não ofereces as condições desejadas: paredes sujas e colchões sem cama ou beliche, isto é, dispostos no piso. Não existe área reservada para a Equipe fazer suas refeições.

Sãp Luis5

Sãp Luis6

Sãp Luis7

Sãp Luis8


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

5 comentários em “Relatório da CGU aponta condições precárias do SAMU”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Julio

    Acredito que essas informações sejam antigas, até porque todas as unidades do SAMU passaram por melhorias recentemente como todos puderam acompanhar. Isso está sendo usado apenas para atacar a campanha de Edivaldo.

  2. Nestor

    KKK deve ser brincandeira ou o blogueiro esta vivendo em estado letargico. O SAMU ja esta em outro local ha milhares de ano, e com instalaçoes de muitissima qualidade. Só uma pessoa em coma ou acéfala nao sabe disso. Edivaldo Holanda fez uma nova SAMU para a Cidade de Sao Luis.

  3. Dieggo

    Olha o tempo dessas fotos! Muito coisa já melhorou.

  4. Magno

    Ainda bem que a Prefeitura já criou uma nova sede para SAMU, melhorando consideravelmente a lógistica do sistema do SAMU.

  5. Marcio Figueiredo

    Se essas informações forem verdades mesmo, como acho que não seja, a prefeitura com certeza vai tomar as providências para que tudo seja resolvido.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários