Poder

Notas da manhã

Crime

147

Uma Ação Civil Pública Ambiental, ajuizada, em 1º de setembro, pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA) requer a condenação do prefeito de São Pedro da Água Branca, Vanderlúcio Simão Ribeiro, à reparação dos danos ambientais e materiais causados pelo corte ilegal de palmeiras de babaçu na fazenda do gestor, a 8km da sede do município.

A derrubada de babaçu na cidade é proibida pela lei municipal nº 168/2012 (1º de junho de 2012), sancionada pelo próprio prefeito. Na ação, o titular da Promotoria de Justiça da Comarca, Eduardo Antônio Ferreira Zaque, solicita a condenação do prefeito ao ressarcimento dos danos ambientais por meio do replantio da vegetação, O promotor solicita, ainda, o pagamento de morais coletivos no valor de R$ 200 mil.

Determinação

Em atendimento a Ação Civil Pública do Ministério Público do Maranhão, a Justiça determinou que a Prefeitura de Sucupira do Norte se abstenha de celebrar novos contratos temporários ou de servidores de comissionados, ressalvadas as hipóteses excepcionais, desde que individualizadas e justificadas detalhadamente.

Ajuizada em abril pelo promotor de justiça Thiago de Oliveira Costa Pires, a ação foi motivada pelo grande número de servidores municipais sem concurso público ocupando cargos na Prefeitura de Sucupira do Norte.

Reunião

Após o ataque a ônibus, ocorrido no início da tarde desta segunda (12), na Avenida Kennedy, o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão (Sttrema) marcou uma reunião para hoje (13), visando discutir medidas que garantam a segurança da categoria.

O sindicato informou que os ônibus circulam normalmente nesta terça-feira. Três pessoas ficaram feridas durante o ataque criminoso de ontem. O motorista que se machucou nas pernas, um passageiro que se feriu levemente e a cobradora que sofreu queimaduras de primeiro e segundo grau. Felizmente nenhuma das vítimas corre risco de morte.

Zona Rural

img_1842O candidato da coligação “Por Amor a São Luís”, Wellington 11 (PP), fez campanha na noite deste domingo (11) no Rio Grande, Zona Rural de São Luís. O encontro reuniu cerca de 200 pessoas entre moradores e lideranças locais.

Wellington começou sua fala mostrando que a atual gestão não respeita a Zona Rural e que essa falta de respeito existe pelo fato da Zona Rural ter menos votos para oferecer, apesar de ser três vezes maior do que a área urbana da capital. Ressaltou que a Zona Rural tem muito valor e precisa ser respeitada.

Posse

foto1_divulgacao-govenrnador-na-solenidade-de-posse-do-stf

O governador Flávio Dino participou da solenidade de posse da nova presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, em Brasília, na tarde desta segunda-feira (12). Ela substitui o ministro Ricardo Lewandovsky no comando da mais alta Corte da Justiça brasileira durante o biênio 2016/2018 e também acumulará a presidência do CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

A cerimônia de posse contou com a participação de chefes do Executivo, Legislativo e Judiciário do Brasil e foi aberta com o Hino Nacional na voz do cantor Caetano Veloso. Em seu discurso, a presidente Cármen Lúcia quebrou o protocolo ao cumprimentar primeiramente “Sua Excelência, o povo”. Ao final da solenidade, o governador Flávio Dino cumprimentou a presidente Cármem Lúcia e desejou sucesso em sua gestão.

Avanço

foto-1-ses-hospital-regional-de-pinheiro-intensifica-procedimentos-cirurgicos-em-setembro-1024x593

Até o fim de setembro, o Hospital Regional de Pinheiro Dr. Jackson Lago realizará 280 procedimentos cirúrgicos, em média 14 cirurgias por dia e 70 por semana. As intervenções cirúrgicas mais procuradas são de hérnia, vesícula e mama. A unidade de saúde reúne diversas especialidades médicas em um só lugar, reduzindo o tempo de espera para consultas e tratamento de quem mora em Pinheiro ou nos municípios próximos.

A diretora do hospital, Denise Boaes, ressalta que além das cirurgias, a procura por consultas ambulatoriais também aumentou, sendo realizadas 40 por dia, com agendamento imediato de cirurgia, caso seja necessário. O coordenador da equipe médica do Hospital de Pinheiro, Gilson Sousa, afirma que realizar 280 cirurgias no mês é um grande desafio que precisa ser cumprido para garantir melhor qualidade de vida aos pinheirenses e população da região.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários