Poder

Desesperado, Márcio Jerry, o coveiro, inventa que Wellington apoia facções

Quando se pensa que na política ja se viu de tudo, é justamente quando nos enganamos como – por exemplo -, o secretário de Articulação Política do governo, Márcio Jerry, que carrega no Maranhão o apelido de “coveiro”, criou um fato surpreendente.

Jerry, que também é chamado de rato – expressão usada nas redes sociais pela sua postura de atacar pessoas de bem – simplesmente criou com sua mente mirabolante, que o candidato Wellington (PP) estava apoiando um grupo de mulheres de detentos que faziam protesto em frente ao Palácio dos Leões.

Uma piada.

O titular do blog explicará o real motivo dos ataques contra Wellington: o filho de Márcio Jerry é nada mais nada menos que funcionário (tem uma boquinha) na prefeitura de São Luís.

E dizem que pouco aparece para trabalhar.

Wellington, que ironizou e desmascarou a armação de Márcio Jerry, publicou uma nota de esclarecimento em sua conta no Facebook, na qual expressa o seu repúdio em relação a atitude desesperadora e vil vinda de um membro do mais alto escalão do Governo Estadual.

O pepista estava gravando o seu programa eleitoral e ainda concedeu uma entrevista a TV Mirante no momento em que mulheres de detento reivindicava melhorias para o sistema prisional do Maranhão, fato que ocorreu na manhã desta quinta-feira (29), em frente ao Palácio dos Leões.

Para um secretário de governo, Márcio Jerry transborda em um comportamento torpe. Ou melhor, infantil e rasteiro para prejudicar qualquer candidato em São Luís.

Mas, ao que tudo indica, o Palácio dos Leões, através do subordinado do governador Flávio Dino, fará o possível e impossível para inventar, macular e prejudicar a imagem dos concorrentes de Edivaldo Holanda Júnior.

Coisa de bandido…


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários