Poder

Creche vai custar mais de R$ 1,8 milhão aos cofres de Paulo Ramos

Empresa detentora do contrato é a Jacob Ramos da Silva.

A Prefeitura de Paulo Ramos vai gastar a absurda quantia de R$ 1.841.555,98 (um milhão, oitocentos e quarenta e um mil, quinhentos e cinquenta e um reais e noventa e oito centavos) com a construção de apenas uma creche no município.

O acordo foi celebrado com a empresa Jacob Ramos da Silva, de São Luís. A parceria foi firmada no dia 26 de agosto deste ano e tem prazo para execução de 10 meses. Quem assinou o documento foi o secretário municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Joaquim Lima de Araújo.

Conforme o extrato do contrato, o empreendimento a ser construído é uma creche tipo -1 Proinfância FNDE. Com o valor exorbitante do serviço, a obra deve ser grandiosa. Pelo menos é o que se espera, caso não ocorra nenhum desvio de finalidade.

1

2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Creche vai custar mais de R$ 1,8 milhão aos cofres de Paulo Ramos”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Ana

    BOMBA..BOMBA..HOJE EM GREVE.
    22 de set de 2016

    Cleomar Tema é flagrado fazendo saque de alta soma em dinheiro no Banco do Brasil de Tuntum, apesar da greve

    O clima da eleição em Tuntum esquentou nesta quarta-feira (21), depois que o prefeito Cleomar Tema (PSB) foi flagrado no interior da agência do Banco do Brasil, por volta das 17h, fazendo um saque de grande soma de dinheiro. A operação bancária foi flagrada por seus adversários político, que filmaram e vão entregar à Justiça Eleitoral. Um pequeno tumulto teria se formado dentro da agência e no empurra-empurra vários títulos eleitorais teriam se espalhado no chão.

    A ida do prefeito, que é candidato à reeleição, ao banco, despertou curiosidade por três motivos. Primeiro o fato de as agências estarem com funcionamento paralisado por causa da greve dos bancários, segundo porque se aproxima a data de realização da eleição quando o uso de dinheiro para fins duvidosos é comum e terceiro a razão para alguém querer tirar de um banco uma soma tão alta dinheiro.

    Os adversários de Cleomar foram alertados de sua presença dentro do Banco do Brasil por populares. Pelas estimativas, o saque teria sido de algo em torno de R$ 500 mil.

    Os advogados do candidato Rhicardo Helirval Baptista (PR) prometem entrar com uma representação contra o prefeito nesta quinta-feira (22) e devem representar também contra o gerente do BB, para que explique o funcionamento do banco fora do expediente normal e em dia de greve.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários