Poder

Prefeitura de Belágua vai pagar R$ 1,7 milhão em combustíveis

Segundo o IBGE, o município está abaixo da linha de pobreza.

R$ 1.795.750,00 ( um milhão, setecentos e noventa e cinco mil, setecentos e cinquenta reais). Esse foi o valor absurdo despendido pela Prefeitura de Belágua com combustíveis e derivados de petróleo.

A empresa que faturou a prestação de serviço foi a Washington Aguiar Lopes ( Auto Posto Progresso II), de São benedito do Rio Preto. O acordo foi assinado pelo prefeito de Belágua, Adalberto do Nascimento Rodrigues, no dia 4 de julho deste ano e tem vigência de 176 dias.

O contrato foi divido em três lotes, que devem atender às secretarias municipais de Educação (R$ 596.750,00), Administração (R$ 738.350,00) e Saúde (R$ 460.650,00).

Essa contratação exorbitante precisa ser apurada pelo Ministério Público Estadual. Vale destacar que Belágua foi apontada pelo IBGE como o município mais pobre do Brasil e ganhou destaque nacional no ano de 2014 pela condição lamentável.

Mesmo com o dados negativos, nada tem sido feito pela gestão municipal para reverter o quadro. Muito pelo contrário, gastos desnecessários estão sendo efetuados.Enquanto isso, população continua sofrendo com a falta de investimentos nos serviços básicos e com a pobreza extrema.

Belagua

a


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários