Poder

Juiz bloqueou R$ 3 milhões e decretou prisão temporária do dono da Dimensão Engenharia

O empresário é acusado de sonegar imposto e pagar propina aos funcionários públicos da Receita Federal.

Empresário-Barbosa-da-Dimensão-e1468326587586

O juiz da 2ª Vara Federal, José Magno Linhares, decretou a prisão temporária do empresário e dono da Dimensão Engenharia, Antônio Barbosa de Alencar, bem como o bloqueio de R$ 3 milhões de suas contas.

O empresário é acusado de sonegar imposto e pagar propina aos funcionários públicos da Receita Federal.

“Que seja determinado o sequestro dos bens imóveis registrado a partir de 2009, de embarcações e motos aquáticas (Jet ski), de aeronaves, de veículos automotores ‘não populares’, a preensão de numerários em espécie a partir do valor mínimo de R$ 10.000 (dez mil reais), apreensão de bens comumente utilizados como forma de ocultação de cpitais, o bloqueio, via sistema BCEN/JUD, de valores depositados em instituições financeiras dos país, tudo em nome do investigado Antônio Barbosa de Alencar”, determinou o magistrado.

Barbosa é apontado pela Polícia Federal como líder de uma organização criminosa (ORCRIM) que atuava na Receita Federal. Ele foi preso, na manhã desta terça-feira (12), durante a operação Lilliput. Na ação, também foram detidos vários auditores ficais acusados de integrarem o esquema criminoso.

Todos irão responder na Justiça por corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica, inserção de dados falsos em sistema, além de crimes a ordem tributária.

O proprietário da Dimensão deverá ser encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, ficará por 5 dias à disposição da Justiça.

Veja a decisão abaixo:

IMG-20160712-WA0021

IMG-20160712-WA0023


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

5 comentários em “Juiz bloqueou R$ 3 milhões e decretou prisão temporária do dono da Dimensão Engenharia”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Gustavo

    Osmir Torres Filho é tio do deputado Rubens Júnior , irmão da prefeita de Matões Suely Pereira.

  2. Gustavo

    Digo Osmir Torres Neto.

  3. MARIANA

    UM GRANDE EQUIVOCO COLOCAR O NOME DO OSMIR COM ESSA BANDIDAGEM,TENHO MAIS DE 40 ANOS , NUNCA CONHECI PESSOA MAIS HONESTA E SIMPLES
    ACHO QUE FOI UM GRANDE EQUIVOCO, VAI SER PROVADO QUE ELE NAO ESTA ENVOLVIDO
    VIVE DE ACORDO COM SEU SALARIO , O MAIOR ABSURDO QUE JA VI NA VIDA
    ALGUEM DEVE TER USADO O NOME DELE

  4. Carlos

    SE VC CONHECE O OSMIR SR GUSTAVO SABE O CARÁTER DELE , toda a sua família, amigos e conhecidos sabe a idoneidade dele
    Acho de tão bom até engenuo , esses bandidos usaram seu nome
    Mas vai ser provado com certeza que ele não participou de nada

  5. José Iran

    Meu caro Neto Ferreira,há um equivoco na manchete:O Sr Antonio Barbosa de Alencar,teve a prisão PREVENTIVA decretada e,não “temporária”.Vide a decisão do M.M. Juiz.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários