Poder

Excedentes da Polícia e Bombeiros cobram explicações da organizadora do concurso

Os aprovados também pediram apoio da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa.

IMG-20160705-WA0002

Os excedentes do concurso público da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, realizado no ano de 2012, ainda lutam na justiça para serem convocados pelo Governo do Estado. Os aprovados ainda aguardam respostas em relação ao início do curso de formação, divulgação dos exames, teste psicotécnico e a data do novo teste físico.

Na manhã desta terça-feira (5), os candidatos estiveram reunidos com a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Maranhão, pedindo o apoio dos parlamentares. Na ocasião, foi elaborado um requerimento.

Após o encontro, deputados e os excedentes seguiram até a Fundação Sousândrade, organizadora do certame, para entregar o documento e cobrar explicações sobre a situação dos excedentes, que ainda sonham em ingressar nas fileiras da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

IMG-20160705-WA0003


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Excedentes da Polícia e Bombeiros cobram explicações da organizadora do concurso”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Paulo Vieira

    Fui classificado dentre os 3.000 mil soldados combates do concurso de 2012, eu nunca fui chamado para o TAF. E só vejo gente entrando , entrando até quem não fez concurso e a injustiça passa a ser feita. Queremos ser chamados! À muitos competentes para vibrar e fazer a diferença na cidadania , pois sonhamos um dia fazer por nossa nação, vagabundos, pilantras tomam de conta da vaga de muitos concurseiros sonhadores. Que tenha êxito, pois a esperança é a última que morre ainda mais para o brasileiro.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários