Poder

Empresas foram as maiores doadoras na campanha de 2012

Do Imparcial

page

Há quatro anos, os candidatos a prefeito de São Luís gastaram R$ 11,9 milhões em toda campanha, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com o órgão, cada candidato poderá gastar até R$ 3,1 milhões este ano, número abaixo do teto de 2012, que era de RS 4,6 milhões. Levantamento de O Imparcial comprova que a maior parte das doações na eleição de 2012 vieram de empresas privadas. Porém, de acordo com as novas regras, essas doações não poderão mais ocorrer.

Na última eleição, em 2012, candidato João Castelo, então prefeito de São Luís, fez a campanha mais rica. Recebeu mais de R$ 3 milhões em doações de dezoito empresas. A campeã em doação a Castelo foi a Dalcar Veículos, com participação de R$ 1.042.400.

Somado a esse valor, Castelo também recebeu um total de R$ 977.766,29 de 94 pessoas físicas, R$ 200.000,00 do Diretório do Partido, R$ 70.475,50 do Comitê Financeiro Municipal Único e mais R$ 100.000,00 doados por ele mesmo para a própria campanha.

Entre as pessoas físicas que doaram para a campanha, figuravam ex‐secretários do tucano, como Albertino Leal de Barros Filho, Edwin Jinkings Rodrigues e Marcos Aurélio Alves Freitas. Todos eles assumiram pastas durante os quatros da gestão de Castelo. Total: R$ 4.697.991,79 milhões.

Outro que mais arrecadou foi Edivaldo Holanda Júnior, que venceu o pleito e hoje disputa a reeleição pelo Partido
Democrático Trabalhista (PDT). Edivaldo recebeu R$ 2.164,279,82 em doações.

Desses, R$ 714.686,00 foram doados por 18 empresas. A maior doação feita à campanha de Edivaldo foi de R$ 297.012,00 feita pela empresa Comcarne Comercial de Carne. Quarenta e seis pessoas físicas doaram o total de RS 327.710,00. O Comitê Nacional do PTC, partido ao qual ele era filiado, doou R$ 710.000,00. O Comitê Municipal participou com R$ 408.168,80 e mais R$ 6.475,02. Total: R$ 2.164,279,82 milhões

Eliziane Gama concorreu à prefeitura em 2012 e, este ano, embora tenha saído do então PPS, continua a disputar com os socialistas. Na época, a candidata contou com doações de uma única empresa, Joselya Transporte, que doou RS 8.000,00 para a campanha.

Ela doou para própria campanha o valor de R$ 31.350,00, enquanto o Diretório Nacional compareceu com R$ 140.000,00. Um total de 21 pessoas físicas doou o montante de R$ 125.090,00. Alcançando valor de R$ 304.440,00 arrecadado na campanha.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Empresas foram as maiores doadoras na campanha de 2012”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Leonardo

    Em 2012, o fato do que eu via nas ruas, condizer muito com o que Edivaldo declarou como recebimento de doações para campanha, me fez votar nele. Pois desde então via que ele tinha preocupação com a transparência, ao contrário de Castelo e Eliziane na época, prova disso foi que ano passado São Luís foi reconhecida como a segunda Prefeitura mais transparente do Brasil. Esse ano não tenho nem dúvida do meu voto, vou com Edivaldo e com mais segurança ainda.

  2. Mauro

    Engraçado vê essa foto de Eliziane como adversário de Castelo, demonstra o quanto essa mulher é hipócrita!

  3. Patricia

    Pra quem não sabe, a empresa COMCARNE é a mesma FRIBAL.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários