Poder

Bomba! Delação na PF aponta Ricardo Murad em esquema de propina da Dimensão

Barbosa Alencar, da Dimensão Engenharia e Ricardo Murad.

Barbosa Alencar, da Dimensão Engenharia e Ricardo Murad.

A Operação LILLIPUT da Polícia Federal, deflagrada, na manhã desta terça-feira (12), que culminou na prisão do empresário e dono da Dimensão Engenharia, Antônio Barbosa de Alencar, descobriu um forte esquema de pagamento de propina não somente para auditorias da Receita Federal, mas também para políticos.

Fontes do Blog do Neto Ferreira revelam que há anos o delegado da Federal, Vitor Fernandes, iniciou a investigação sobre Barbosa. Durante o processo investigatório, um fato curioso chamou atenção dos investigadores: uma delação na Polícia Federal que aponta Ricardo Murad em esquema de propina da Dimensão.

O áudio bombástico (delação) revela que Murad, quando ex-secretário de Saúde do Maranhão, recebeu benefícios (propina) em uma obra de milhões executada na cidade de São Luís pela Dimensão Engenharia e Construções.

Segundo o delator, a propina teria saído da obra da sede da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) do Maranhão, situado na Avenida Carlos Cunha, no bairro do Jaracati, que teve custo de 25.023.308,28 (vinte e cinco milhões, vinte e três mil, trezentos e oito reais e vinte e oito centavos). O contrato inicial da Dimensão foi de R$ 22.008.710,08 (vinte e dois milhões, oito mil, setecentos e dez reais e oito centavos), sendo aditivados por duas vezes.

Ricardo Jorge Murad, cunhado da ex-governadora Roseana Sarney, ambos do PMDB, é um dos citados pelo delator da Operação que prendeu o empreiteiro Barbosa, pela acusação de sonegar milhões e impostos federais e pagamento de propina.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

4 comentários em “Bomba! Delação na PF aponta Ricardo Murad em esquema de propina da Dimensão”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Tainha do marafolia

    http://noticias.uol.com.br/politica/politicos-brasil/2014/deputado-federal/ma/15121964-alan-gandra.htm
    Gandra já foi candidato em 2014. Da mais uma matéria beijos

  2. Paulo Herrera

    A CASA CAIU O BARBOSETE,AHORAN TEM QUE CAIR A CASA DO CAPETAO SÁ FRANERE,O GRANDE CHEFAO MAFIOSO DO MARANHÃO .

  3. Carrara

    Se a PF aprofundar mais as investigações, principalmente com as incorporadoras e as empresas que estão fazendo casas do Minha Casa, Minha Vida, no SINDUSCON -MA não vai sobrar uma pra contar a estória. Dizem que quase todas estariam implicadas com ilicitudes. kkkkkkkkkkkkkkk

  4. rejane

    Omagina se a PF resolver investigar a AMORIM COUTINHO….???? A CAMPEA DAS CASAS DO MINHA CASA MINHA VIDA… Vai descobrir o esquema montado para financiar politicos e o percentual repassado a Valdir Maranhao por casa financiada na CEF e no BB junto ao Ministerio das Cidades,,,,Vai chegar no esquema de emendas encaminhadas para Caxias e pegar o pagamento das emendas de onras nunca realizadas mas pagas e outras feitas nas coxas a exemplo de piscinas nao concluidas, asfaltos em duplicidade(a mesma rua asfalta pelo governo do estado e federal..) e por ai vai,…Barbosa é pintinho perto da AMORIM COUTINHO diga-se EUGENIO COUTINHO

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários