Poder

Barbosa pagou propina para conseguir ‘impugnações’ em favor da Dimensão Engenharia

Empreiteiro Antônio Barbosa.

Empreiteiro Antônio Barbosa.

Documentos obtidos com exclusividade pelo Blog do Neto Ferreira revelam que o dono da Dimensão Engenharia, Antônio Barbosa de Alencar, pagou propina para a analista da Receita Federal, Maria das Graças Coelho Almeida, que é lotada em uma agência na cidade de Presidente Dutra.

Durante uma conversa entre a analista e o advogado Alan Fialho Gandra Filho, que foi interceptada pela Polícia Federal, é possível perceber que Maria das Graças iria receber o dinheiro para impugnar processos em favor da Dimensão Engenharia. (veja a transcrição do áudio abaixo).

Segundo os autos do processo, a PF pediu a quebra do sigilo bancário de ambos e, a partir disso, foi possível constatar que no dia 23 de março de 2015 foram efetuados dois depósitos em dinheiro, sendo um, no valor de R$ 49 mil, e outro, no valor de R$ 90 mil, em duas contas do advogado em nome próprio.

Já no dia 25 de março Alan Gandra Filho efetuou uma transferência bancária, no valor de R$ 25 mil, da sua conta corrente para a da servidora pública federal, sendo esta a conta bancária informada por ela no dia 23 de março de 2015 durante o telefonema.

E um dia depois do primeiro depósito, Maria das Graças solicitou a juntada das impugnações da Dimensão Engenharia nos processos n. 10320.722959/2014-44; 10320.722960/2014-79, 10320.722976/2014-81, 10320.722977/2014-26, 10320.722978/2014-71 e 10320.722979/2014-15.

“No dia 27/05/2015, operou-se uma nova transação bancária entre esses dois investigados, mais precisamente, a compensação de um cheque vinculada à mesma conta corrente do investigado ALAN FILHO no valor de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais), creditado na conta da investigada Maria das Graças Coelho Almeida na agência Presidente Dutra/MA do Banco BRADESCO S/A”, detectou a Polícia Federal.

De acordo os investigadores, Maria das Graças realizava a fraude na elaboração de impugnações para beneficiar Antônio Barbosa com datas retroativas e seu respectivo protocolo, a fim de suspender indevidamente débitos fiscais e permitir a expedição de CND/CPD-EN em favor das empresas Saga Empreendimentos e Dimensão Engenharia, mediante o pagamento de propina.
Veja os áudios abaixo:

Maria2

Maria1

Maria


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Barbosa pagou propina para conseguir ‘impugnações’ em favor da Dimensão Engenharia”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. MARANHENSE JUSTICEIRO

    Tem um didato popular que diz “quem nunca comeu mel, quando come se lambuza.”
    Isso aconteceu perfeitamente com esse bandido.
    Esse ladrão, semi-analfabeto, que não era nada, que passou para trás o dono de uma construtora, merece está atrás das grades pagando por todos os seus crimes.
    E é um tipo de ser humano que não merece viver numa sociedade.
    Cadeia nele e em toda corja envolvida nessa podridão.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários