Poder

Roberto Rocha defende Sarney: “não vi nada que possa justificar medida tão drástica”

Em sessão plenária desta terça-feira (07), do Senado Federal, o senador Roberto Rocha comentou sobre os áudios que envolve caciques do alto escalão do PMDB. Ele saiu em defesa do ex-presidente José Sarney.

Senador Roberto Rocha.

Senador Roberto Rocha.

Durante do discurso, Rocha declarou que áudios envolvendo os peemedebistas Renan Calheiro e Sarney não tem nada que possa incriminar. “Eu sinceramente do que eu vir, do que eu ouvir, como todo brasileiro com relação aqueles áudios que envolve o senador Sarney, o senador Renan, ate onde eu ouvir não vi nada que possa justificar medida tão drástica“.

O senador também comentou que no Maranhão é oposição ao grupo Sarney, mas espera que o ex-presidente possa responder o quanto antes para provar sua inocência sobre acusação que levou o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a pedir prisão domiciliar.

Encontro

O senador Roberto Rocha se encontrou, nesta terça-feira (7), no seu gabinete em Brasília, antes de discursar, com o secretário estadual de Articulação Política e Comunicação, Márcio Jerry, e o chefe da Casa Civil do Governo do Maranhão, Marcelo Tavares. Também participou do encontro o chefe de gabinete do senador no Maranhão, Clodomir Paz. Na pauta, os interesses do Maranhão em Brasília.

Secretários e senador conversaram sobre demandas do estado à União e Roberto Rocha colocou-se à disposição mais uma vez para trabalhar para que os pleitos do governo do estado sejam atendidos em Brasília.

Roberto Rocha também entregou aos secretários seu projeto de lei que cria a Zona de Exportação do Maranhão, voltada ao desenvolvimento do setor industrial no estado, além da geração de emprego e renda para a população maranhense.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários