Poder

Ribamar Alves consegue resolução para os problemas do Sol Nascente

thumbnail_IMG-20160609-WA0024
Diferente do Governo Estadual, os órgãos federais dialogam bem com Ribamar Alves e se preocupam em atender os pleitos do prefeito de Santa Inês. Prova disso são os resultados de duas reuniões com órgãos federais que Ribamar Alves manteve na manhã desta quinta-feira (09/06).

No primeiro encontro, Alves tratou da infraestrutura de Santa Inês, solicitando do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) a recuperação dos trechos das BRs que cortam o município. De pronto, o superintendente do DNIT, Geraldo Fernandes, se comprometeu em atender o pedido e fará uma licitação exclusiva para a recuperação das avenidas Castelo Branco e Laranjeiras.

Outro pedido atendido por órgão federal foi a recuperação do Residencial Sol Nascente, um bairro construído pela Caixa Econômica Federal, através do programa Minha Casa Minha Vida, que se encontra com inúmeros problemas em sua infraestrutura.

Por várias vezes, Ribamar Alves intercedeu pelos moradores do bairro junto às construtoras e à CEF. Desta feita, o prefeito foi atendido e em reunião na manhã desta quinta-feira (9), com Antônio Nairton, responsável pelo setor engenharia e projetos do MCMV no Maranhão, e com Rita de Cássia, diretora de relacionamento com as prefeituras no Estado, ficou definido que as obras de recuperação serão iniciadas imediatamente.

Segundo Ribamar Alves, ficou acertada a imediata recuperação do sistema de saneamento básico. Após isso, será iniciado o serviço de recuperação das ruas. “Conseguimos que houvesse o cumprimento do compromisso de recuperar o esgoto e o asfalto do Sol Nascente, depois de muita luta junto com a associação de moradores do bairro, onde o presidente Rodrigues e a população fizeram abaixo-assinados e denúncias para que encaminhássemos à CEF. Fomos felizes nessa demanda e graças ao nosso empenho, os problemas do Sol Nascente serão resolvidos”, enfatiza Ribamar Alves.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários