Poder

Procurador quer que Sarney seja monitorado por tornozeleira eletrônica

O motivo seria a idade avançada do ex-presidente da República.

jose_sarney-11
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal a prisão do ex-presidente da República, José Sarney. Mas, por causa da idade, Sarney seria monitorado por tornozeleira eletrônica.

O ex-presidente é acusado pelo procurador-geral de tentar obstruir as investigações da operação Lava Jato.

Além do ex-presidente, Rodrigo Janot, quer a prisão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), do senador Romero Jucá (PMDB-RR).

Os pedidos de prisão estão com o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, relator da Lava Jato no tribunal, há pelo menos uma semana.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários