Poder

Márcio Jerry conspirou, mas se rendeu a Rosângela Curado

Rosângela Curado pode dizer para todos que os conspiradores se renderam a sua pré-candidata a prefeita de Imperatriz. Também pode dizer que os mesmos que achincalharam seu nome agora curvaram-se ao seu projeto político.

Ela, antes de tudo, deve agradecer ao deputado federal Weverton Rocha, que guerreou para manter a pré-candidatura em Imperatriz contra os que dizem ser aliados do PDT: os comunistas.

E foram justamente eles, os comunistas, que se renderam após conspirações torpes: o deputado Marco Aurélio, secretários de Infraestrutura, Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry e Cleyton Noleto.

As práticas foram tão sórdidas que chegaram a espalhar atribuindo a saída de Rosângela Curado da Subsecretaria de Saúde do Governo Flávio Dino por suposto recebimento de propina. Um absurdo!

Curado deixou o governo com a imagem arranhada, ou melhor, tentaram desmoralizá-la como “propineira” que serviu a saúde do estado para se beneficiar.

Mas, ela conseguiu superar aos ataques dos “próprios” aliados que se renderam, conforme mostra nota encaminhada a imprensa e assinada pelo tutor da conspiração: Márcio Jerry Saraiva Barroso.

NOTA OFICIAL

Como desdobramento da retirada da pré-candidatura do deputado estadual Marco Aurélio a prefeito de Imperatriz, o PCdoB, por suas direções estadual e municipal, apresentou nesta tarde ao PDT o nome do vereador Adonilson para integrar a chapa encabeçada por Rosângela Curado como pré-candidato a vice-prefeito.

O PCdoB continuará os diálogos com o objetivo de coesionar uma grande frente partidária e social para disputar a Prefeitura Municipal de Imperatriz.

Márcio Jerry
Presidente PCdoB – MA

Clayton Noleto
Presidente PCdoB – Imperatriz


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários