Poder

Empresa que fatura milhões no Governo do Maranhão deixa bebê ser sequestrado

A empresa Clasi Segurança Privada, de propriedade de Pedro Ricardo Aquino e Paulo Cesar Baltazar Viana, tem sido beneficiada com cifras milionárias no Governo do Maranhão, apesar disso tem falhado na segurança dos órgãos estaduais.

Na manhã desta quinta-feira (02), aconteceu um caso gravíssimo na maternidade Marly Sarney, localizada na Avenida Jerônimo de Albuquerque, na Cohab. Um bebê foi sequestrado enquanto a mãe foi ao banheiro. A ação foi rápida e a acusada do crime passou pela portaria da unidade de saúde sem que fosse notada pelos vigilantes. Minutos após o sequestro, o recém-nascido foi recuperado pela Polícia Militar.

Esse fato só demonstra a negligência da empresa Clasi, uma vez que é a responsável pela entrada, saída e identificação dos visitantes.

Somente em 2015, a empresa arrecadou R$7.554.63,64 milhões; já nos 4 primeiros meses de 2016, a empresa angariou R$ 2.522.305,66 milhões, de acordo com o Portal da Transparência.

clasi

clasi1

clasi2

clasi3


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Empresa que fatura milhões no Governo do Maranhão deixa bebê ser sequestrado”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Jamil

    Eu conheço esse Ricardo desde o tempo que ele era Gerente do Bradesco. Imprecionante a ascensão desse rapaz, na certa é laranja importada do Estado do Ceará. Eta Maranhão.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários