Poder

TSE cassa mandato de Beto Castro, vereador de São Luís

Beto Castro: vereador enrolado na Justiça.

Beto Castro: vereador enrolado na Justiça.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou na noite desta terça-feira (03), o mandato do vereador de São Luís, Beto Castro. Dos 7 membros da Corte, 6 votaram a favor da cassação.

O relator do processo, ministro Gilmar Mendes votou pela permanencia de Beto Castro, mas votaram a favor da cassação os ministros José Antonio Dias Toffoli (Presidente), Luiz Fux, Maria Thereza Rocha de Assis Moura (Corregedora), Antônio Herman de Vasconcellos e Benjamin, Henrique Neves da Silva e Luciana Christina Guimarães Lóssio.

Paulo Roberto Lima, o Carioca, suplente de vereador, acusou na Justiça Eleitoral Beto Castro de possuir duas identidades e dois títulos de eleitoral.

A utilizacão de duas identidades caracterizava uma espécie de fraude na eleição, porque suprimia do eleitorado ludovicense o debate sobre características desbonadoras da vida pregressa do vereador Beto Castro.

Beto Castro ainda pode recorrer da decisão com embargos, mas é possível que o TSE condicione a execução do acórdão ao julgamento dos embargos, como é da jurisprudência.

Como é uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME), o efeito é imediato e deve resultar na posse de Carioca nesta semana.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “TSE cassa mandato de Beto Castro, vereador de São Luís”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. júnior

    Tá sendo trocado seis por meia duzia, ou seja os dois não tem competência e moral para ser vereador.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários