Poder

Prefeitura de São Luís fecha com empresa proibida de contratar com o poder público

Empresa responsável pelo sistema de bilhetagem de São Luís, Dataprom Equipamentos e Serviços de Informática, foi contratada por R$ 8,6 milhões.

A Prefeitura de São Luís contratou a empresa paranaense Dataprom Equipamentos e Serviços de Informática, no ano de 2014, para realizar o serviço de bilhetagem automática no município por R$ 8.630.000,00 milhões.

No entanto, a empresa estava impedida, desde 2013, de licitar com a administração pública pelo prazo de cinco anos.

A decisão foi do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, que detectou uma série de irregularidades na empresa, por meio de uma auditoria designada pela Portaria nº 704/13. Como se percebe, o Município de São Luís negligenciou a determinação do órgão fiscalizador e firmou parceria com a empresa em situação irregular.

As suspeitas de irregularidade da parceria vão além da contratação da empresa impedida. A Dataprom havia sido contratada com uma finalidade, expressa em licitação, mas acabou desenvolvendo outras atividades, por meio de vários aditivos.

IMG-20160511-WA0007

IMG-20160511-WA0164

IMG-20160511-WA0008

IMG-20160511-WA0009

1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Prefeitura de São Luís fecha com empresa proibida de contratar com o poder público”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Leonardo

    Não quero defender a empresa, mas não dou credibilidade nenhuma a esses julgamentos de Tribunais de Contas, geralmente são decisões políticas, sem critérios técnicos nenhum.

  2. Wando

    Tenho certeza que o Prefeito irá verificar essa situação e tomar alguma atitude, não é atoa que ele tem uma das gestões mais transparentes do país.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários