Poder

Júnior Verde defende produção na VII Reunião do Parlamento Amazônico

O parlamentar defendeu parcerias que garantam desenvolvimento da produção aliado à sustentabilidade.

IMG_3164
O deputado estadual Júnior Verde (PRB) foi um dos destaques no primeiro dia da VII Reunião Ampliada do Parlamento Amazônico, iniciada nesta quinta (19) em Belém, Pará. O parlamentar defendeu parcerias que garantam desenvolvimento da produção aliado à sustentabilidade.

Durante seu pronunciamento, Júnior ressaltou a necessidade de interação entre as instituições financeiras, governos e órgãos de assistência técnica. “Precisamos incentivar termos de cooperação técnica com universidades para o desenvolvimento do setor produtivo dos estados amazônicos. São regiões com imenso potencial, cada uma com sua particularidade, aptas a crescer. Mas o crescimento deve ser acompanhado de responsabilidade social e ambiental”, explicou.

O parlamentar aproveitou a participação do presidente do Banco da Amazônia (BASA), Marivaldo Gonçalves, e da coordenadora da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (SUDAM), Marta Dopazo, para apresentar projetos que proporcionam maior interação entre os órgãos, no sentido de ampliar os projetos exitosos e ainda, renegociar as dívidas dos municípios nas aplicações das linhas do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF).

O Parlamento Amazônico é uma entidade formada por nove Estados que compõem a Amazônia Legal. Dela, fazem parte os sete Estados da Região Norte, além do Maranhão e do Mato Grosso. O objetivo é deliberar sobre políticas públicas para a macro-região.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários