Poder

José Sarney teria sido gravado em conversa comprometedora

Os áudios contém declarações comprometedoras e muito mais bombásticas se comparadas com as de Romero Jucá, que foram veiculadas na manhã desta segunda-feira (23).

jose_sarney_renan_calheiros

As conversas do ex-presidente da República, José Sarney, e do presidente do Senado Federal, Renan Calheiros, foram alvos das gravações do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado.

Segundo informou o colunista do O Globo, Lauro Jardim, os registros foram feitos em conversas privadas que Machado teve com cada um dos dois, separadamente.

Ainda de acordo com o jornalista, os áudios contém declarações comprometedoras e muito mais bombásticas se comparadas com as de Romero Jucá, que foram veiculadas na manhã desta segunda-feira (23).

As gravações foram feitas no âmbito da delação premiada que Sérgio Machado está negociando com a Procuradoria-Geral da República desde março. O acordo com a PGR foi selado na semana passada.

Machado gravou apenas três políticos: o responsável pela sua indicação para a Transpetro (Renan), Sarney e Jucá. Mas comprometeu os senadores Jáder Barbalho e Edison Lobão.

A delação do presidente da Transpetro está na mesa do ministro Teori Zavascki, esperando homologação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários