Poder

Governo Flávio Dino teve corte de R$ 667 milhões no FPE em 2016

No ano passado, entre janeiro e abril, o Maranhão recebeu R$ 1.600.462.473,01 bilhão, segundo o Tesouro Nacional. Já em 2016, o estado foi beneficiado com R$ 1.533.738.422,37 bilhão.

Presidente da Embratur, Flavio Dino, durante entrevista no Palácio do Planalto sobre a redução dos preços dos hotéis no RJ para o Rio+20

O governo do Maranhão deu todo apoio a presidente afastada Dilma Rousseff na luta contra o impeachment durante o processo de abertura da admissibilidade do impedimento. Porém, o Governo Federal não retribuiu da mesma forma.

O repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) durante os 4 primeiros meses do ano teve um corte profundo se comparado ao mesmo período de 2015.

Segundo o Blog do Neto Ferreira apurou, no ano passado, entre janeiro e abril, o Maranhão recebeu R$ 1.600.462.473,01 bilhão. Já em 2016, o estado foi beneficiado com R$ 1.533.738.422,37 bilhão. Uma diferença de R$ 667.240.050,64 milhões, de acordo com o Tesouro Nacional.

Ao comparar somente o mês de abril, de ambos os anos, é possível perceber que o Governo do estado tem sofrido perdas bastantes significativas do FPE. Em 2015, foi depositado para o Maranhão no período já citado acima a quantia de R$ 360.068.879,23 milhões. Já em 2016, o valor foi menor e a gestão estadual só angariou o montante de R$ 354.046.815,17 milhões, o que equivale a diferença de R$ 6.022.064,06 milhões relacionado ao ano anterior.

Veja abaixo todos os valores referentes a 2015 e 2016 durante Janeiro e Abril:

MA

MA1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários