Poder

Delegado diz que prefeito fez 15 contratos com única empresa por mais de R$ 7 milhões

Screenshot_20160526-193823
Durante entrevista coletiva realizada, no início da noite desta quinta-feira (26), a cúpula da Polícia Civil esclareceu os fatos que culminaram na prisão do prefeito de Nova Colinas, Elano Coelho.

Segundo as autoridades, as investigações iniciaram a partir de uma denúncia de um membro da Câmara de Vereadores de Nova Colinas que afirmava irregularidades no processo pós licitação e durante a execução dos contratos celebrados . “A empresa M N empreendimentos ganhou 15 licitações em dois anos para prestar serviços em diferentes áreas. Foi levantado que essa empresa não tem condições de prestar tais serviços”, afirmou o delegado que estava afrente das investigações, Ricardo Moura.

Ainda de acordo com o delegado, foram verificados que os serviços contratados são prestados diretamente pela Prefeitura e não pela M N empreendimentos. “Destacamos aqui a coleta de lixo que sequer existe funcionários ou veículos da empresa. As atividades são prestadas por pessoas que são diaristas e recebem do secretário de Finanças o dinheiro em espécie” detalhou Ricardo.

Inicialmente, o valor dos contratos fraudados foi de mais de R$ 7 milhões.

Elano Coelho foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde aguardará a decisão da Justiça.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Delegado diz que prefeito fez 15 contratos com única empresa por mais de R$ 7 milhões”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. eduardo noronha

    Que o PREFEITO de Nova Colinas, ELEANO MARTINS COELHO, ESTÁ MANTIDO PRESO EM PEDRINHAS por firmar mais de 15 licitações e contratos com a empresa M N EMPREEMDIMENTOS, nos últimos dois anos, de propriedade da mãe de seu sócio do seu escritório de advocacia, THIAGO DANTAS, para diversos serviços, isso todos já sabem.
    O que o Delegado e a Superintendência Estadual de Combate à Corrupção e demais instituições de fiscalização não sabem é que o PREFEITO DE LORETO, Germano Martins Coelho, que além de primo e ex-sócio do ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA do prefeito preso, ELANO MARTINS COELHO, também manteve Elano como advogado do Município de Loreto por muito tempo, antes deste se tornar prefeito de Nova Colinas e, ainda, nos últimos dois anos, também celebrou mais de 11(ONZE) contratos, como prefeito de Loreto-Ma, com a mesma empresa M N Empreeendimentos para diferentes prestações de serviços.
    De acordo com o DOE-MA DE 1/4/2015, PÁGINA 43 do caderno terceiros, o prefeito Germano celebrou um contrato de R$ 916.610,26 com a tal empresa para recuperação de estradas vicinais;
    Já o DOE-MA DE 1/2/2014, página 22 do caderno terceiros, comprova que foi celebrado contrato no valor de R$571.000,00 para locação de máquinas pesadas.
    Já no DOE-MA de 15/3/2014, página 27 do caderno terceiros, contratou a mesma empresa, por duas vezes, a primeira para fazer serviço de empiçarramento pelo valor de R$ 124.094,80 e, a segunda vez, para fazer serviço de recuperação de estrada vicinal pelo valor de R$ 592.035,8;
    Ainda em 2015, celebrou o contrato n.º 26/2015, com vigência até 30/11/2015 para construção de bueiros no valor de R$ 98.532,79.
    Já agora em 2016, celebrou o contrato n.º 33/2016, no valor de R$ 105.625,21, para reformar a ponte de madeira sobre o riacho tranqueira no Município.
    Segundo publicado, ainda, pelo Jornal Oficial dos Municípios da FAMEM edição n.º1082, o prefeito Germano contratou a dita empresa em 6/5/2014, ainda, para fornecer material de higiene limpeza, para atender o FUNDEB, pelo valor de R$89.024,20.
    Já o DOE-MA do dia 16/7/2015, página 29 do caderno de terceiros, comprova que Germano contratou a tal empresa, pelo valor de R$ 70.695,41 para reformar o prédio da secretaria de educação do município.
    Por outro lado, no DOU , seção 3, n.º 53, de 2014, comprova que o prefeito Germano contratou a mesma empresa para ampliar postos de saúdes no município pelo valor de R$ 417.817,81.
    Por fim, segundo DOE-MA de 11/12/2015,página 36 do caderno de terceiros, comprova que o prefeito Germano contratou a mesma empresa para locação de máquinas pesadas pelo valor de R$ 718.400,00.
    Basta consultar tais publicações no google e pesquisar tais publicações acima citadas nos sites dos diários oficial do ESTADO-MA, da união, da FAMEM, que irão confirmar todos estes dados acima.
    E aí Delegado? E aí TJ-MA? E aí TCE-MA? E aí MP DE LORETO? E aí MP DE CONTAS? E aí Procuradoria de Justiça? E aí Superitendencia Estadual de Combate à Corrupção? Estão esperando o quê ou quantas mais provas para mandar logo prender também temporariamente o Prefeito de Loreto, Germano Martins Coelho? Como já dito, ele é primo, ex-sócio de Elano, ex-patrão de Elano e, conforme todas as provas aqui citadas, estava praticando os mesmos atos e do seu priminho. A mesma escola. A coincidência de sobrenome entre eles e o fato deles serem do mesmo partido, PRB, não é à toa não.
    Tá na hora de pegar todo mundo. Façam como a LAVA JATO, peguem todos, não deixem nenhum de fora. O povo agradece.

  2. Desembargador manda soltar prefeito de Nova Colinas « Neto Ferreira – Conteúdo Inteligente

    […] que investigava desvio de recursos públicos da Prefeitura de Nova Colinas. (Releia aqui, aqui, aqui e […]

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários