Poder

Alunos estão sem transporte escolar em Itapecuru-Mirim

Os motoristas foram demitidos por cobrar os salários atrasados.

thumbnail_IMG-20160518-WA0039

Alunos do Município de Itapecuru-Mirim estão sendo prejudicados com a falta de motoristas para realizar o transporte escolar. Os pais dos estudantes estão revoltados com a situação. Os filhos já ficaram duas semanas sem ir à escola devido à paralisação dos motoristas.

Com três meses de salários atrasados, os profissionais cruzaram os braços. Com muita pressão da cooperativa, que presta o serviço ao Município, e do apoio da comissão de Educação da Câmara dos Vereadores, a prefeitura chegou a pagar dois meses. Com o pagamento de uma parte dos salários pendentes, os profissionais retornaram às atividades, e os ônibus voltaram a circular normalmente.

No entanto, os salários  votaram a atrasar e os motoristas, novamente, protestaram contra a situação. O prefeito Magno Amorim não gostou das cobranças e demitiu os cinco motoristas da cooperativa. Os profissionais foram desligados de suas funções, simplesmente por requerer um direto deles, negligenciado pela gestão municipal: o pagamento dos salários, pendentes desde dezembro.

O transporte escolar no Município está prejudicando os estudos dos alunos da rede pública, que dependem da prestação de serviço. Enquanto isso, a gestão municipal tenta maquiar a situação e passar uma imagem de que está tudo bem. No entanto, os estudantes e seus pais sabem que nada vai bem. Muito pelo contrário.

thumbnail_IMG-20160518-WA0033

thumbnail_IMG-20160518-WA0037


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Alunos estão sem transporte escolar em Itapecuru-Mirim”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Prefeitura de Itapecuru-Mirim deve regularizar transporte escolar « Neto Ferreira – Conteúdo Inteligente

    […] O Blog já havia divulgado o estado precário do transporte escolar de Itapecuru-Mirim. (Reveja) […]

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários