Poder

Waldir Maranhão entra na Justiça para destituir André Fufuca da presidência do PP

O processo foi protocolado na última segunda-feira (25), na 14ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão.

Do Blog Diego Emir
yyy 24

Inconformado com a decisão da direção nacional do Partido Progressista que colocou André Fufuca como novo presidente do diretório estadual do partido no Maranhão, o deputado federal Waldir Maranhão (PP), entrou na Justiça Comum com uma ação para destituir o companheiro de bancada. O processo foi protocolado na última segunda-feira (25), na 14ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão.

De acordo com informações recebidas, o ex-presidente do PP no Maranhão, aguarda para esta quarta-feira (27), uma manifestação da juíza titular. Porém o mais provável é que isso ocorra somente na sexta-feira (29) ou sábado (30). O processo está com o seguinte protocolo: 0813287-82-2016-8-10-0001.

O advogado do deputado federal André Fufuca foi procurado para comentar o assunto. Segundo Américo Lobato, a ação de Waldir Maranhão é semelhante a de Paulo Maluf (PP), que também foi destituído do cargo de presidente do diretório estadual do PP de São Paulo em 2014, após declarar apoio ao PMDB. Na época, o presidente nacional Ciro Nogueira, tirou Maluf da presidência e constituiu uma comissão provisória.

No Maranhão, a situação é semelhante, Waldir foi destituído do cargo de presidente do diretório estadual, após não seguir a orientação nacional de votar a favor do impeachment da presidente Dilma. Sendo nomeada então uma comissão provisória, a qual tem como presidente André Fufuca.

O que chama atenção no processo movido por Waldir é que o advogado que deu entrada na ação foi o Carlos Renato Marinho, o mesmo que advoga para Luciano Genésio, o qual é pré-candidato a prefeito de Pinheiro pelo PP. É bem provável que Maranhão tenha o mesmo destino de Maluf e acabe sendo derrotado na Justiça, o que colocaria em maus lençóis, o pretenso gestor da principal cidade da Baixada Maranhense.

A assessoria do Waldir Maranhão foi procurada para comentar o assunto, porém não deu nenhum retorno até o fechamento desta matéria.

20160427_141058-300x259


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Waldir Maranhão entra na Justiça para destituir André Fufuca da presidência do PP”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. sarah

    interessante, porém, lamentável.
    Cade a liberdade de expressão?
    o deputado Valdir Maranhão poderia votar de acordo com sua consciência,que ele julgou está certo .

    ”Waldir foi destituído do cargo de presidente do diretório estadual, após não seguir a orientação nacional de votar a favor do impeachment da presidente Dilma. Sendo nomeada então uma comissão provisória, a qual tem como presidente André Fufuca.”
    o fato acima só demostra que ha interesses pessoais onde deveriam existi interesses públicos.
    André Fufuca, votaste em nome do povo de Alto Alegre do Pindaré, sua cidade natal, cidade que está completamente jogada ”as ruínas’ em condições precárias”… Será que votaste mesmo em nome do seu povo, ou foi uma troca de favores, onde o mesmo se auto beneficia?
    penso q a resposta a esta pergunta está bem claro na matéria publicada.
    não sou a favor do Waldir, porém sou contra essa farsa repleta de fatos dubitativos e exortativos.
    onde os nossos representantes esqueceram o porque e quem os colocaram no poder.
    BASTA DE FARSA!!

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários