Poder

Grêmio Lítero Português virou criadouro do Aedes Aegypti

O clube completará 85 anos no mês de agosto.

Quem passa em frente ao Grêmio Lítero Recreativo Português, no Anil, se assusta com o cenário de abandono. O clube já foi palco de muitas festas tradicionais e bailes grandiosos, que atraía não só os sócios, mas a elite ludovicense.

Os anos áureos ficaram para trás e só restaram as lembranças e as ruínas. O local deu lugar ao mato, lixo e muito sujeira. As piscinas atrativas e convidativas só servem, atualmente, de criadouro para o mosquito Aedes aegypti.

A falta de manutenção e conservação do local destruiu não só a estrutura física do clube, mas uma opção rica de lazer, entretenimento e convivências em São Luís; sobraram apenas as lembranças de quem um dia teve o prazer de desfrutar do espaço.

Prestes a completar 85 anos de fundação, o Grêmio Lítero Recreativo Português tornou-se um idoso cheio de cicatrizes marcadas pelo abandono e desprezo, mas cheio de vida nas lembranças dos frequentadores.

IMG-20160428-WA0023

IMG-20160428-WA0024

IMG-20160428-WA0025


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

6 comentários em “Grêmio Lítero Português virou criadouro do Aedes Aegypti”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Nilo

    Lembro do carnaval do ano de 1975. O chevete estava com dois anos de seu lançamento. Por ter o porta mala espaçoso muita gente entrava escondido dentro do referido porta mala para brincar o carnaval no Lítero. Naquela época só quem tinha convite brincava o carnaval no Lítero. Eu, como não tinha convite, entrava escondido no porta mala do chevete do pai de um amigo meu. Quantas lembranças!!! Obs: formava-se uma fila muito grande de carros na entrada do Lítero, a maioria fusca e corcel I. A fila de carro chegava até a igreja Nossa Senhora da Conceição.

  2. Josy

    Tristeza é o que representa essa imagem durante 18 anos fui sócia desse clube lembro com saudade das notes esportivas, dos sábados de dia a piscina e a noite a boite também as serestas, aos domingos o pagode saudade não poderia deixar de citar o carnaval kkkkk aquela região do anil o transito ficava insuportável kkkkk mas valia a pena.

  3. Paulo

    Tem que multar é o dono do terreno, esse cara é um irresponsável!! Vendo a quantidade de casos de microcefalia ainda deixa esse terreno desse jeito!

  4. Roberto

    Os proprietarios desse local deviam se envergonhar e tomar providencias!!

  5. Getulio

    Quem é o responsável ou responsáveis pelo terreno? Eles tem que serem multados por essa irresponsabilidade!

  6. Eduardo Moura

    Fui sócio desde a década de 90, e conhecia os administradores (que eram amigos do meu pai). Não se sabe ao certo quem é o responsável pelo terreno atualmente. Lembro que em meados de 2006 o clube já estava falindo e acumulando contas, andava muito vazio. Pouco tempo depois o então presidente faleceu. É triste ver um dos lugares onde mais estive presente na infância se desfazer dessa maneira.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários